InícioBrasil“Eu não sou gay, mas não me sinto ofendido”, diz Barroso

“Eu não sou gay, mas não me sinto ofendido”, diz Barroso

Ministro também voltou a dizer que não é “dado a orgias”

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso voltou a negar sobre especulações acerca de sua vida pessoal. Uma delas é a de que ele já tenha participado de uma orgia com o ex-ministro José Dirceu (PT) em Cuba. Assim como das outras vezes, o magistrado repetiu que “não é dado a orgias”.PUBLICIDADE

– Eu não participei de uma orgia com o ex-ministro Zé Dirceu. Eu nunca fui a Cuba. Eu não sou dado a orgias. Eu não tenho nenhum tipo de contato com o ex-ministro – disse durante palestra no 17º Congresso da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), em São Paulo, nesta sexta-feira (5).

Outra especulação que Barroso tratou de desmentir é a de que ele seja gay. No entanto, de acordo com o ministro, tal título não lhe ofende.

– Eu ouço as maiores barbaridades. Já ouvi que sou gay. Eu não sou gay, mas não me sinto ofendido, não é uma coisa que me ofenda. É uma circunstância da vida – declarou.

Barroso disse que sua carreira no Supremo lhe ensinou que “a única coisa que ofende é a verdade”.

– A minha experiência na vida desde que eu entrei para o Supremo, é que a única coisa que ofende é a verdade. Se for mentira, não tem problema – concluiu.

RELATED ARTICLES
- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments