Início Brasília Confira os cuidados no trânsito com a chegada da chuva

Confira os cuidados no trânsito com a chegada da chuva

1
0

Orientações são importantes para evitar acidentes e adotar uma postura consciente ao dirigir

O Departamento de Trânsito do DF (Detran/DF) orienta condutores a redobrarem a atenção nesta época, pois o extenso período de estiagem acumula sujeira, fuligem e óleo no asfalto | Fotos: Renato Araújo/Agência Brasília

A chuva voltou a cair no Distrito Federal em pontos isolados, nesta sexta-feira (24). A previsão, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), é que até o final deste mês ocorram pancadas de chuvas ao final da tarde e início da noite. Ainda de acordo com o Instituto, a previsão é que as chuvas permaneçam e que em outubro ocorram chuvas de forma mais regular. Desta forma, é importante que o brasiliense siga algumas orientações e fique atento ao trânsito para evitar acidentes.

O Departamento de Trânsito do DF (Detran/DF) orienta condutores a redobrarem a atenção nesta época, pois o extenso período de estiagem acumula sujeira, fuligem e óleo no asfalto. “Associados à chuva, esses materiais podem deixar as vias escorregadias, o que aumenta o risco de acidentes de trânsito. É muito importante estar atento às condições e à calibragem dos pneus”, alerta o diretor de Educação de Trânsito do Detran/DF, Marcelo Granja.

É importante que o condutor adote uma postura segura no trânsito, o que inclui reduzir a velocidade, aumentar a distância do veículo da frente, usar o ar-condicionado ou abrir um pouco os vidros, para melhorar a visibilidade.

Detran/DF recomenda que o condutor observe as condições do veículo, realize a revisão dos pneus, freios, limpadores de para-brisas e faróis

“Aqueles que não têm ar-condicionado no carro, é importante separar uma flanela e deixar no interior do veículo, pois às vezes a chuva é tão intensa, que fica inviável abrir os vidros. O uso do tecido é bastante eficiente, mas caso a visibilidade esteja muito baixa, o ideal é aguardar a chuva ficar mais amena no acostamento e depois seguir com segurança”, explica Granja.
O cuidado dos motoristas com ciclistas deve ser redobrado. “Adotar a distância de um metro e meio do ciclista é o ideal para evitar acidentes, mas a atenção deve ser permanente. É também importante que o ciclistas não fique muito próximo aos meios fios, que pode ter pedras e materiais e que podem causar quedas. Outra orientação vale para os pedestres, que deve fazer a travessia das vias de preferência em faixas de pedestres ou semáforos e nunca se esqueça do sinal de vida antes de atravessar”, destaca Granja.

O Detran/DF recomenda, ainda, que o condutor observe as condições do veículo, realize a revisão dos pneus, freios, limpadores de para-brisas e faróis. Toda a parte elétrica do veículo também deve ser constantemente verificada, já que fusíveis e lâmpadas queimam com mais facilidade quando são molhados.

Orientações aos motoristas
-Faça revisão dos pneus, freios, limpadores e faróis do veículo;
-Mantenha os pneus calibrados e evite frear quando cair em um buraco para diminuir o efeito do impacto;
-Para ter melhor visibilidade use o ar-condicionado e o desembaçador elétrico traseiro ou abra um pouco os vidros para deixar o ar circular pelo carro;
-Reduza a velocidade e mantenha maior distância do veículo da frente;
-Se houver pouca visibilidade em função de chuva ou neblina, pare e espere as condições do tempo melhorarem, caso possa fazer isso com segurança;
-Evite freadas ou mudanças bruscas, pois o acúmulo de água na pista pode provocar a aquaplanagem, quando os pneus perdem o contato com o asfalto;
-Utilize sempre a luz de seta para indicar mudança de direção;
-Em caso de enchente, abandone o veículo assim que o nível de água atingir o batente do carro, pois pode começar a boiar.

* Com informações da SSP/DF – AGÊNCIA BRASÍLIA * I EDIÇÃO: CAROLINA JARDON