InícioBrasilFraga: “No meu governo, não faltarão tornozeleiras eletrônicas"

Fraga: “No meu governo, não faltarão tornozeleiras eletrônicas”

Declaração do candidato ao Palácio do Buriti é resposta aos recorrentes crimes cometidos por detentos com benefício judicial dos “saidões”

Caio Barbieri

O candidato ao Governo do Distrito Federal Alberto Fraga (DEM) declarou nessa terça-feira (14/8) ao Metrópoles que seu primeiro ato, caso seja eleito para a principal cadeira do Palácio do Buriti, será intensificar o combate à violência. Entre os pontos que merecerão atenção do democrata será o combate às bocas de fumo e maior rigor na fiscalização de presidiários que ganham o benefício do “saidão” em feriados e datas comemorativas.

“Temos que ter um controle melhor sobre esses caras que a Justiça manda soltar com a desculpa do benefício. Duvido se algum deles cometeria crimes como o que ocorreu no fim de semana se estivessem com um mecanismo de rastreamento. No meu governo, não vão faltar tornozeleiras eletrônicas”, prometeu. O custo de cada tornozeleira eletrônica gira em torno de R$ 162 por mês, a depender da quantidade.

Fraga mostrou-se indignado com o acidente causado por um detento que ganhou o benefício do saidão do Dia dos Pais. Ele sequestrou uma mulher e, para fugir da polícia, acabou matando duas pessoas após a colisão frontal do veículo com outro. Um terceiro carro também foi atingido e a terceira vítima morreu na última segunda-feira (13).

Além do rigor com os presidiários, Fraga também reforçou a intenção de melhorar a voz de comando entre as corporações. Segundo o coronel da reserva da PM, falta motivação das tropas para o combate ao crime. “Uma das primeiras ações será o combate às bocas de fumo. Todos sabemos onde elas estão e por que não acabamos com ela? Por falta de comando”, disse.

Fonte : Metrópoles

RELATED ARTICLES
- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments