Início Brasil Deputado que tatuou “Temer” tem seu mandato cassado!

Deputado que tatuou “Temer” tem seu mandato cassado!

110
0
PGR denuncia deputado que tatuou “Temer” por desvio de R$ 230 mil; Wladimir Costa teve mandato cassado
POR FÁBIO GÓIS PUBLICADO 

Confetes: Wladimir, em abril de 2016, no dia em que votou pelo impeachment de Dilma

A Procuradoria-Geral da República (PGR) denunciou o deputado Wladimir Costa (SD-PA) e mais cinco suspeitos de desviar R$ 230 mil originalmente destinados a atividades esportivas no Pará. Os seis são acusados de praticar crime de peculato. Além da acusação criminal, o parlamentar teve seu mandato cassado, em decisão unânime do Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA), por abuso de poder econômico e movimentação ilícita de dinheiro na campanha que o elegeu para a Câmara em 2014. Cabe recurso dessa decisão (leia mais abaixo).