Deputado mais votado do DF revela de onde vieram os seus votos,

    19
    0
    “Não fui eleito só com os votos da igreja. Isso não existe. Estava rodando em média 250 km por dia. O trabalho de Secretaria de Esportes ajudou mais de 4 mil atletas na minha gestão”.(Júlio César)
    Júlio César(PRB) está a apenas dois anos no Distrito Federal, e mesmo assim foi o suficiente para ser o deputado distrital mais votado dessas eleições, com 29.384 votos que o credenciam a voos mais altos. A lenda de que ele foi eleito só com os votos da Igreja caiu por terra já que o seu trabalho à frente da Secretaria de Esportes foi um dos responsáveis pela sua projeção fora do circuito religioso e por sua expressiva votação.
    Seguindo a linha que adotamos aqui neste blog e que nossos eleitores aprovaram, fizemos uma pequena biografia do nosso entrevistado, por vários motivos, entre os quais para que o eleitor que desejou mudar, e de fato, mudou metade da nossa Câmara Legislativa do DF, conheça mais os seus representantes. Principalmente os que tiveram a votação expressiva, que é o caso do nosso entrevistado. Quanto mais votos, mais responsabilidades, mais visibilidade e maior cobrança por parte de nossa população. Assim funcionam as democracias. E assim funcionam os meios de comunicação, como o nosso blog.
    Biografia
    Júlio César,39 anos, é nascido na cidade de São Bernardo do Campo- SP. Em 1994 se tornou pastor da Igreja Universal do Reino de Deus. Além de ser formado Direito na Universidade Ibirapuera – SP.
    Vida pública
    Em 2012, através de um convite do Partido Republicano Brasileiro- PRB foi chamado para assumir a Secretaria de Esporte do DF. Função que lhe deu visibilidade política e o credenciou a disputar uma vaga de deputado distrital. Pelo visto, ele soube bem exercer a sua função, pois foi o deputado mais votado da nossa CLDF que inicia a legislatura em 2015.
    Leia abaixo a entrevista em que o deputado distrital mais votado nas eleições deste ano concedeu, com exclusividade.
    Rádio Corredor – As pessoas estão dizendo que o senhor só se elegeu por causa dos votos da igreja. O que senhor diria a respeito?
    Júlio César – Não fui eleito só com os votos da igreja. Isso não existe. Estava rodando em média 250 km por dia. O trabalho de Secretaria de Esportes ajudou mais de 4 mil atletas na minha gestão.
    RC – Qual foi segredo para ser o mais votado?
    JC – Nenhum. Não tive placa na rua, a única que fiz foi adesivo de carro. As redes sociais foram utilizadas e nos ajudaram muito nessas eleições. Como te disse anteriormente nossa eleição foi muito suada e andei cerca de 250 km por dia.
    RC – Como o senhor encontrou a Secretaria de Esportes?
    JC – Quando cheguei lá só o futebol era atendido e mudamos essa realidade. Todas as modalidades esportivas passaram a ser atendidas. A secretaria era conhecida como “a pasta do futebol”. Atendemos entre 35 a 40 modalidades. As artes marciais foram as mais beneficiadas.
    RC – Por que o senhor decidiu ser candidato?
    JC – Não era eu o candidato. Mas, sim o Evandro Garla (deputado distrital), secretário-geral da executiva do partido que não pôde concorrer à reeleição porque tinha uma missão com o PRB nacional que era aumentar o número de deputados federais. Aliás, missão muito bem executada. O PRB saiu de 8 deputados para 21, quase triplicamos.
    RC – Por que o PRB escolheu justamente o senhor?
    JC – O partido viu potencial em meu nome junto com o trabalho que fiz na secretária na Esportes, que me deu muita visibilidade e a indicação foi mais que natural.
    RC – Como será o seu mandato?
    JC – Não vou fugir das minhas origens que é o esporte. Vou lutar para que aumente o número de centros olímpicos. Um outro tema que eu vou tocar é a luta pelo melhor tratamento dos idosos nos ônibus e nos hospitais.
    RC – Qual será o papel do PRB-DF nesses próximos quatro anos?
    JC – O PRB ajudou muito o Agnelo Queiroz. Aliás, sou grato ao governador que acreditou no nosso nome. O PRB contribui com muito orgulho para esse governo. Sobre o nosso papel te digo que a Leila do Vôlei teve 11 mil votos, o Claudecir da Luart teve 9 mil votos. Em 2010 a legenda alcançou 17 mil votos. Em 2014 chegamos a quase 63 mil votos. Se juntar com o federal Vítor Paulo dá quase 133 mil votos. Tanto que o PRB é um partido forte.

    Produção Eugênio Piedade
    Fotos/Arte Hernanny Queiroz
    Fonte: Radio Corredor