Candidatos prometem regularização do Condomínio Sol Nascente

    19
    0
    COMPARTILHAR

                Farpas contra Rollemberg, Marina Silva e Campos no bairro

    O governador Agnelo Queiroz (PT) prometeu urbanizar o Sol Nascente, para que o bairro não seja mais chamado de favela. O comentário foi uma referência clara à passagem pela comunidade — considerada a maior favela da América Latina — de Eduardo Campos, Rodrigo Rollemberg e Marina Silva, todos do PSB.
    No primeiro dia da campanha eleitoral, os candidatos do PSB foram ao Sol Nascente e fizeram graves críticas ao governo, já que encontraram esgoto a céu aberto e montanhas de lixo nas ruas, uma vez que a coleta estava atrasada à época.
    Investimentos
    A resposta demorou mais de três semanas, mas veio. Agnelo discursou sobre suas realizações passadas e acerca do que pretende fazer, caso eleito. Ele prometeu investimentos de R$ 400 milhões, para asfalto e saneamento básico. “Vamos fazer a urbanização do Sol Nascente, dando qualidade de vida à população e transformando o local em uma cidade, para que nenhum candidato a presidente e a governador venha aqui para chamar o Sol Nascente de favela”, afirmou.
    Em passagem pela Ceilândia, a campanha do candidato à reeleição percorreu boa parte da avenida Hélio Prates, partindo da Caixa D’água. O percurso de alguns quilômetros foi feito acompanhado de carros de som  militantes carregando bandeiras do PT e de outros partidos da coligação. Já que o evento começou no final da tarde, o trânsito, que já é complicado, piorou devido à paralisação da faixa da direita, graças à lentidão dos carros de som dos candidatos.
     Por volta das 17h já havia petistas concentrados, mas a chegada do governador só ocorreu perto das 18h30. Isso fez com que parte das lojas já estivesse fechada, impedindo a visita de Agnelo. O ponto final do trajeto foi a inauguração do comitê de campanha de Ceilândia.
    O  novo espaço de campanha recebeu grafites com caricaturas de Agnelo, da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula. Nas paredes também foram retratadas ações de governo, como o campus da Universidade de Brasília em Ceilândia.
    No restaurante comunitário de Samambaia
    O senador Rodrigo Rollemberg (PSB) foi até  Samambaia Norte fazer uma caminhada durante a manhã de ontem. O almoço da campanha foi feito no restaurante comunitário da cidade. A segunda ida à Rodoviária em menos de uma semana, programada para o final da tarde, acabou sendo cancelada por imprevistos na agenda. Hoje, Rollemberg será sabatinado pelo Jornal de Brasília, com transmissão ao vivo pela internet.
     Toninho do PSOL dedicou a manhã a duas panfletagens. Os locais foram o  Ministério do Esporte mais tarde em Samambaia, na QR 408.  Recanto das Emas foi o destino na parte da tarde, com concentração no Posto de Saúde 2.
     O candidato do PSDB, deputado federal Luiz Pitiman, teve poucos compromissos na terça-feira. A agenda se restringiu a uma entrevista a uma rádio e, durante a noite, ele foi à posse da nova diretoria da Associação Comercial do Distrito Federal, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. A entidade deve promover hoje o primeiro debate entre os candidatos ao Palácio do Buriti.
    Está confirmada no debate a presença de Agnelo Queiroz (PT), José Roberto Arruda (PR), Luiz Pitiman (PSDB) e Toninho do PSOL. De acordo com a organização, a candidata do PCO, Perci Marrara, não foi encontrada.

    Fonte: Da redação do Jornal de Brasília