'Chegou a hora de Dilma sair de trás do marqueteiro', diz Campos

    22
    0
    COMPARTILHAR

    Candidato do PSB afirmou que a presidente tem de ir ‘falar com o povo’.
    Ex-governador visitou nesta segunda (7) município do entorno do DF.

    Candidatos à Presidência, Eduardo Campos e Marina Silva fazem caminhada em Águas Lindas-GO. (Foto: Priscilla Mendes/G1)Candidatos à Presidência, Eduardo Campos e Marina Silva fazem caminhada em Águas Lindas-GO, no entorno do Distrito Federal. (Foto: Priscilla Mendes/G1)

    O candidato do PSB à Presidência da República, o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, afirmou nesta segunda-feira (7) que a presidente Dilma Rousseff tem de “sair de trás do marqueteiro” e ir para as ruas “falar com o povo”. Segundo ele, a petista tem de explicar à população o que ela fez durante seus quatro anos de governo.
    Campos e a candidata a vice, Marina Silva, visitaram na manhã desta segunda Águas Lindas de Goiás, município do chamado “entorno” do Distrito Federal, região que apresenta baixos índices de desenvolvimento humano. No dia anterior, ele e Marina abriram o período oficial da campanha eleitoral com uma visita à favela Sol Nascente, uma das comunidades mais pobres do Distrito Federal.
    “Chegou a hora também de a presidente Dilma sair de trás do marqueteiro e vir para as ruas falar com o povo e dizer o que ela fez nesses quatro anos. A gente procura no Brasil real e não encontra nesse governo de quatro anos”, disse Campos.

    Chegou a hora também de a presidente Dilma sair de trás do marqueteiro e vir para as ruas falar com o povo e dizer o que ela fez nesses quatro anos. A gente procura no Brasil real e não encontra nesse governo de quatro anos”
    Eduardo Campos, candidato do PSB à Presidência

    Campos e Marina estavam acompanhados dos candidatos ao governo do Distrito Federal, senador Rodrigo Rollemberg, e de Goiás, Vanderlan Cardoso. Os quatro caminharam pela Avenida do Comércio, no centro de Águas Lindas, por cerca de duas horas e meia.
    De acordo com Eduardo Campos, ele e Marina decidiram deflagrar a campanha oficial visitando periferias para mostrar o “Brasil real”.
    “Aqui [periferia] é o Brasil onde o marketing não resolve, onde os marqueteiros não resolvem, onde as fantasias que, às vezes, aparecem na propaganda eleitoral não resolvem. Aqui é um Brasil que pede socorro, um Brasil indignado com a corrupção, com a volta da corrupção, com a violência, com a propaganda que não bate com a realidade. É nesse Brasil que vamos seguir andando”, disse Campos.
    Marina Silva, que já se candidatou à Presidência da República em 2010 pelo PV, foi a mais assediada pelos moradores de Águas Lindas, que a procuravam para fotos e abraços. O vendedor de cachorro quente Juvenal Rodrigues, que conversou em sua banca com os candidatos, disse que nunca tinha ouvido falar de Campos, mas conhecia Marina.

    fonte do G1

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here