InícioBrasilSem acordo salarial, rodoviários ameaçam greve na próxima segunda (10)

Sem acordo salarial, rodoviários ameaçam greve na próxima segunda (10)

Sem acordo entre os rodoviários e empresas de ônibus do Distrito Federal, a categoria ameça entrar em greve na próxima segunda-feira (10).

As empresas afirmaram que estão em tratativas com o Sindicato dos Rodoviários para chegar a um acordo até, no máximo, domingo (9). A categoria reivindica aumento de 8%. Já a proposta patronal é de reposição salarial de 3,987% (percentual equivalente ao INPC de abril de 2017), com reflexos em ticket refeição/alimentação, cesta básica e plano de saúde e odontológico, retroativa à data base.

Negociação

Apesar de não terem chegado a um acordo em relação as negociações salariais, a categoria e empresários definiram a compensação das paralisações nos dias 20 e 24 de maio. As partes acertaram que as empresas compensarão o dia 20 e as horas paradas do dia 24 com três horas extras que os empregados tenham a receber ou que forem trabalhadas posteriormente. Nesse caso, não serão descontados o abono de férias e o auxílio refeição/alimentação dos rodoviários.

O acordo foi homologado pelo presidente do TRT10, desembargador Pedro Luís Vicentin Foltran, que conduziu a audiência de conciliação. Com o acerto da compensação, os dissídios suscitados pelas empresas Viação Pioneira, Auto Viação Marechal, Viação Piracicabana e Expresso São José perderam o objeto e foram extintos sem julgamento do mérito. Fonte : jornal de Brasília

RELATED ARTICLES
- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments