No DF: Pelo menos 50% dos distritais indicaram administradores

    24
    0

    Ao menos 12 dos 24 deputados distritais continuam exercendo forte influência na indicação dos administradores regionais das 31 regiões do DF

    Dos 25 nomes anunciados pelo governador Rodrigo Rollemberg (PSB) na última terça-feira (20) a maioria foi indicada por algum distrital…
    O parlamentar Julio César (PRB) indicou dois nomes para assumir a gestão das administrações regionais do DF: Claudeci Miranda para Samambaia e Francisco Medeiros para o Riacho Fundo II. Segundo o deputado, a escolha não passou de uma coincidência. “Quem escolheu os administradores foi o governador. Entre os escolhidos, dois são filiados ao PRB, o mesmo que também sou filiado”, justificou.

    Seis parlamentares ficaram de fora do processo de escolha dos novos administradores regionais: Dr. Michel (PP), Rodrigo Delmasso (PTN), Agaciel Maia (PTC), Rafael Prudente (PMDB), Wellington Luiz (PMDB) e Reginaldo Veras (PDT). A expectativa é que as regiões que contam com gestores interinos sejam administradas por indicados dos seis.

    Em nota, o GDF afirma que não houve interferência política na escolha dos nomes. “O governo levou em conta o fato desses administradores residirem na região que vão administrar e a capacidade técnica e de articulação de cada um”, diz um trecho da resposta do governo local. Durante visita realizada ao Hospital da Criança de Brasília – José Alencar na semana passada, Rollemberg afirmou que “os nomes foram escolhidos ouvindo a população, as lideranças das cidades e as políticas e não há prazo para substituir os interinos”.

    Eleição

    Promessa de Rollemberg durante a campanha, a eleição para administradores regionais deve demorar para sair do papel. De acordo com o governo local ainda não há prazo definido para o pleito. “Os Conselhos de Representantes Comunitários ainda serão criados e só depois darão início a um debate para realização das eleições”.

    Fonte: Jornal Destak –