Arruda perde mais uma briga e fica inelegível também em ato do STJ

    19
    1

    59239

                      

    O ex-governador José Roberto Arruda (PR) teve negado nesta terça-feira 9 recurso apresentado ao Superior Tribunal de Justiça, em que colocava sob suspeição o juiz Álvaro Ciarlini, que o condenou em segunda instância por improbidade administrativa. O resultado da votação foi 3 a 1.
    O ministro Napoleão Nunes, relator do recurso do ex-governador no Superior Tribunal de Justiça, votou a favor do recurso, apontando a suspeição do juiz. Seu voto, porém, não foi seguido por outros três magistrados.
    O ministro Benedito Gonçalves negou provimento ao recurso, entendo que Ciarlini não é suspeito. O desempate de 1 a 1 foi decidido pelo ministro Sérgio Kukina, que também votou contra Arruda.

    FONTE: notibras