Início Notícias Brasil Pau que dá em Edson dá em Gilmar? Instituto de Gilmar Mendes...

Pau que dá em Edson dá em Gilmar? Instituto de Gilmar Mendes recebeu R$ 2,1 milhões da JBS

100
0
COMPARTILHAR

A escória que apoia Michel Temer na imprensa e no Congresso Nacional atacou Edson Fachin espalhando que ele havia usado um jatinho da JBS em sua campanha para o STF.

O Antagonista/Foto: Carlos Humberto/ SCO/STF – 14/06/2017

Será curioso notar como essa mesma escória reagirá à reportagem da Folha de S. Paulo sobre o financiamento por parte da JBS dos eventos do IDP, de Gilmar Mendes.

 

O dinheiro devolvido

 

O IDP disse à Folha de S. Paulo que devolveu 650 mil reais à JBS (de um total de 2,1 milhões de reais).

O dinheiro foi devolvido, segundo o IDP, em 29 de maio.

O acordo da JBS com a PGR foi homologado em 18 de maio.

Uma semana depois, Gilmar Mendes atacou a decisão de Edson Fachin de homologar sozinho aquele acordo.

No dia seguinte, o próprio Gilmar Mendes admitiu à Folha de S. Paulo que suas fazendas vendiam gado para a JBS.

 

Instituto de Gilmar Mendes recebeu R$ 2,1 milhões da JBS

 

O IDP, de Gilmar Mendes, ganhou 2,1 milhões de reais da JBS.

Leia um trecho da reportagem da Folha de S. Paulo:

“O grupo J&F, que controla a JBS, gastou nos últimos dois anos R$ 2,1 milhões em patrocínio de eventos do IDP (Instituto Brasiliense de Direito Público), que tem como sócio o ministro Gilmar Mendes, do STF (…).

De acordo com o IDP e a JBS, um dos congressos incluídos nos patrocínios ocorreu em abril, em Portugal, pouco mais de uma semana depois de sete executivos do frigorífico firmarem um acordo de delação com o Ministério Público Federal. Participaram daquele encontro magistrados, ministros do governo de Michel Temer, além de advogados e políticos”.

Informa Tudo DF

Queremos estar cada vez mais conectado com você! Curta nossa página e fique por dentro de tudo… Facebook Informa Tudo DF