Juarezão: Mulher do distrital é nomeada chefe de gabinete da Administração de Brazlândia

    28
    0
    COMPARTILHAR

    Mulher de Juarezão é chefe de gabinete da Administração de Brazlândia

    JUAREZ-C3-83O-DE-AZUL1

    O distrital é conhecido como padrinho político de Brazlândia, região onde mora. Do total de 15.923 votos, 13.291 (83,47%) vieram de lá – a zona que ele teve mais confiança dos eleitores. No ano passado o deputado disse que o “bolo tinha que ser dividido por igual”

    A mulher do deputado Juarezão (PRTB) foi nomeada sexta-feira (18/3) como chefe de gabinete da Administração Regional de Brazlândia. A publicação saiu em um suplemento do Diário Oficial do Distrito Federal (DODF). Rosângela Gomes de Araújo Oliveira é servidora da Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos e, agora, assume cargo comissionado de confiança na região que o marido abocanhou mais votos. O distrital é conhecido como padrinho político de Brazlândia, onde mora. Do total de 15.923 votos, 13.291 (83,47%) vieram de lá – a zona que ele teve mais confiança dos eleitores.
    Juarezão é integrante da base aliada. Em um áudio vazado de um encontro entre deputados distritais e o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, ele chegou a falar que “o bolo tinha que ser dividido por igual” entre os distritais, em alusão à indicação de cargos por parlamentares. “Eu queria que o senhor dividisse o bolo com os deputados por igual, porque dizem que tem deputado que deixa secretaria e tem mais não sei o quê… Então, eu só queria isso. Eu acho que todos vão concordar, porque o bolo tem que ser dividido por igual. Se o senhor deu um pra mim, tá, dê um pra ele, dê um pra ele e outro pra ele”, disse.

    Ele ainda reclamou, na ocasião, de distritais nomearem muitos cargos. “Se uns pegou muito (sic), nós vamos chamar aqui agora todo mundo e vamos sentar. Quem pegou muito, meus amigos, vai ter que voltar e entregar os cargos pra alguém. Eu falo logo a verdade, que a situação tem que ser assim mesmo, né.” Na época, ele disse que “não se lembrava do encontro”.
    Em relação a nomeação da mulher como chefe de gabinete de administração, o deputado não considerou nepotismo. “Se for, a gente pede para o governador exonerá-la. Eu não participo do governo e não sou do Executivo. Consultamos a parte jurídica e, se fosse um cargo na Câmara Legislativa, seria outra coisa”, alegou.
    Juarezão reforçou que não indicou a mulher para o cargo. Ele garantiu que o convite partiu do governador. “Ela é uma funcionária de carreira do governo e foi um convite do governador. Aquilo que eu falei (de dividir a fatia do bolo) era em questão de obras. Não disse nada pessoal e não quero nada pra mim. Faço uma política diferente”, disse.

    Exoneração Imediata

    Após repercussão da matéria acima, o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, vai exonerar nesta segunda (21/3) a mulher do deputado Juarezão (PRTB). Ela havia sido nomeada sexta-feira (18/3) como chefe de gabinete da Administração Regional de Brazlândia.
    O anúncio aconteceu logo após oCorreio publicar que Rosângela Gomes de Araújo Oliveira tinha assumido o cargo comissionado de confiança na região que o marido teve mais votos. De acordo com Rollemberg, a relação familiar de Rosângela e Juarezão não foi percebida no momento que em as nomeações estavam sendo feitas.
    “Essa nomeação será tornada sem efeito amanhã”, garantiu o governador. Juarezão é integrante da base aliada e é conhecido como padrinho político de Brazlândia, onde vive. Do total de 15.923 votos que recebeu em todo o DF, 13.291 (83,47%) vieram da região administrativa. Fonte: Correio Braziliense.
    Informa Tudo DF