Falta de repasse deixa alunos de área rural sem transporte

    60
    0
    COMPARTILHAR

    Jovens do Núcleo Rural do Gama estão sem ir à escola desde sexta-feira

    Alunos de duas escolas públicas do Núcleo Rural do Gama estão sem assistir às aulas desde sexta-feira (24) por falta de transporte escolar. A Cooperativa de Caminhoneiros (Coopercam), responsável por levar as crianças às aulas, informou que não recebeu os repasses do GDF deste mês.

    Devido à falta de transporte escolar, os alunos não têm como ir à escola. Paralisação da Coopercam afeta 90% dos estudantes matriculados Foto: cedocDevido à falta de transporte escolar, os alunos não têm como ir à escola. Paralisação da Coopercam afeta 90% dos estudantes matriculados

    O diretor do Centro Educacional Casa Grande, Edgard Vasconcelos, afirmou que somente 30 dos 240 alunos compareceram às aulas na manhã de ontem. Durante 14 anos trabalhando no colégio a 12 km do Gama, ele disse que a paralisação é uma das maiores que já viu. “Houve paralisação em outros anos, mas nunca nessa intensidade”, afirmou. “Isso afeta 90% dos alunos. Eles não foram à escola não porque não quiseram, e, sim, porque não tiveram condições. A gente vai tentar ver a melhor forma para que o aluno não seja afetado”, disse Vasconcelos.

    A Coopercam informou que os motoristas foram pagos normalmente no quinto dia útil do mês. A cooperativa afirmou que a paralisação dos serviços se deve à falta de dinheiro para pagar combustível e fazer a manutenção da frota. “Nossa grande dificuldade por não estar recebendo os repasses é a questão do abastecimento dos veículos a diesel e a manutenção da frota. Um veículo que atenderia uma das escolas quebrou”, disse a gerente da Coopercam, Alessandra Chaves.

    Valores teriam sido repassados

    A gerente não soube informar o tamanho da frota e a quantidade de funcionários da cooperativa. A Secretaria de Educação afirmou que os valores foram repassados à empresa ontem. A pasta não soube informar o valor dos repasses e as áreas afetadas pela paralisação dos serviços de transporte escolar. O GDF e a Coopercam firmaram contrato no dia 6 de outubro para fornecer transporte a alunos de Planaltina.

    fonte: jornal coletivo

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here