GDF vai pagar R$ 3 mi em dinheiro a participantes do Nota Legal

    17
    0
    COMPARTILHAR

        

    Quase 27 mil contribuintes devem receber os valores em conta entre julho e agosto Lula Lopes/Agência Brasília

    A Secretaria de Fazenda deve pagar mais de R$ 3 milhões em restituição aos contribuintes cadastrado no Programa Nota Legal que indicaram o recebimento dos benefícios em dinheiro. O montante representa quase o dobro do valor pago no ano passado, de R$ 1,6 milhão.
    Este ano, a maioria dos contribuintes indicou o pagamento do valor em conta corrente, mais de R$ 2,2 milhões, enquanto R$ 1,6 milhão foi destinado a contas poupança. Ao todo, quase 27 mil contribuintes devem receber os valores entre julho e agosto. 
    O Secretário de Fazenda,  Adonias Santiago, afirmou que o volume de indicações está dentro do esperado pelo Governo. 
    — O volume de indicações seguiu nossa expectativa, levando em conta os inadimplentes que não podem usufruir do benefício e ainda há aqueles que ainda preferem destinar os recursos para terceiros na época de escolha pelo IPVA ou IPTU, dentre outros motivos.  

    O restante dos valores não utilizados continuam no cadastro do contribuinte e podem ser resgatados no próximo ano, se estiverem dentro do prazo de validade. O saldo pode ser utilizado para resgate em dinheiro ou indicação para abatimento do IPTU ou IPVA até dois anos depois após o lançamento no sistema da Secretaria de Fazenda. Atualmente, o programa tem 857 mil inscritos.

    Do R7