São Sebastião e Samambaia ganham novas placas de endereçamento

A ação vai desde a troca do adesivo a colocação no prumo, passando por aplicação de novas camadas de pintura e instalação de novas sinalizações

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER), através do Governo do Distrito Federal (GDF) realiza a troca de placas de endereçamento em São Sebastião e Samambaia. A ação vai desde a troca do adesivo a colocação no prumo, passando por aplicação de novas camadas de pintura e instalação de novas sinalizações.

Em São Sebastião, o trabalho está na segunda etapa, com a instalação de 100 peças no bairro São José. Na primeira, foram 200 placas de endereçamento colocadas no Bairro Tradicional. O serviço foi possível graças ao investimento de R$ 300 mil oriundo de emenda parlamentar do deputado distrital Rogério Morro da Cruz.

Já em Samambaia, as demandas nasceram na Ouvidoria e o resultado foi a instalação de 62 placas de endereçamento, contabilizando o investimento de R$ 65 mil do Governo do Distrito Federal.

“A sinalização de endereçamento urbano faz parte da infraestrutura. O cidadão recebe mais dignidade, e o endereço traz essa facilidade de reconhecimento de propriedade. Ele se sente pertencente ao local e passa a ser membro de uma cidade mais organizada”, aponta o diretor de Produção Industrial e Sinalização do DER/DF, Jefferson Oliveira.

Tânia Rodrigues comemora porque não precisará mais interromper o trabalho para ajudar pessoas a se localizar

A microempreendedora Tânia Rodrigues Ferreira, de 48 anos, conta que é recorrente que pessoas precisem de ajuda para achar endereços em frente ao estabelecimento dela em São Sebastião, a Cantina da Tânia. “Essas novas placas vão ajudar bastante porque, além de ajudar quem fica perdido, vão também evitar que eu vá toda hora ensinar onde é qual quadra. Às vezes, a gente deixa de trabalhar para poder auxiliar em alguma coisa”, explica.

Desde janeiro, o DER já instalou mais de mil placas em várias regiões administrativas, como Sol Nascente/ Pôr do Sol, Guará, Gama, Riacho Fundo e Candangolândia. A próxima região que receberá o serviço será Água Quente, onde está prevista a instalação de 150 placas de endereçamento. A região administrativa é, ao lado do Arapoanga, a mais nova do DF, sendo que foram criadas em dezembro de 2022 e carecem deste tipo de serviço.

*Com informações de Jak Spies, da Agência Brasília