InícioDestaquesCidadesMendanha defende potencializar parceria entre Goiás-Israel

Mendanha defende potencializar parceria entre Goiás-Israel

Gustavo Mendanha (Patriota), que é presidente da Câmara de Cooperação Israel-Brasil (Coopib) e pré-candidato ao governo de Goiás, propôs ao embaixador de Israel no Brasil, Daniel Zohar Zonshine, a ampliação de parcerias entre Goiás e o país do Oriente Médio. A intenção do governadoriável é celebrar acordos de importação e exportação de produtos e tecnologias, aproveitando as potencialidades do Estado, que além de localização geográfica privilegiada, possui uma população com “veia empreendedora”.

O embaixador falou do potencial goiano no agronegócio e pecuária, com a exportação de soja, carne bovina e derivados. Zonshine defendeu a cooperação com tecnologias. Ele citou que conheceu em Anápolis uma tecnologia desenvolvida em conjunto por empreendedores brasileiro e israelense. “É algo que tem potencial para o mundo todo”, destacou e citou que sua meta enquanto embaixador é melhorar as ligações para que os investimentos ocorram em via dupla.

O mesmo sentimento é partilhado por Mendanha, que defende a exploração de outros recursos naturais em Goiás como o Níquel e o Nióbio. “A extração de forma responsável pode conduzir o Estado a posições de liderança no país, além de gerar emprego e renda aos goianos”.

Daniel Zonshine esteve em Goiás para participar do seminário de oportunidades Israel-Goiás, promovido pela Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), por meio do Conselho Temático de Comércio Exterior (CTComex), presidido por William O’Dwyer. O evento contou também com presença do vice-presidente da Fieg André Rocha e do adido comercial Ari Fischer.

Parceria com Israel deu frutos a Aparecida

Durante a gestão em Aparecida de Goiânia (2017 – 2022), a segunda maior cidade do Estado, o pré-candidato ao governo, Gustavo Mendanha (Patriota), apostou no diálogo com Israel para elaborar ações e estratégias para o serviço público. Ele fez questão de apresentar os resultados ao embaixador de Israel no Brasil.

Gustavo contou que antes de ser prefeito, já tinha uma relação de proximidade com o país do oriente médio por uma questão familiar, e ao visitar Israel pela primeira vez ficou impressionado com a utilização das tecnologias para facilitar e melhorar a vida do cidadão. “Eu nem sonhava em ser prefeito, mas quando me tornei, não tive dúvidas de que o caminho era a inovação, a modernização da gestão pública”, explicou.

Mendanha apontou os resultados obtidos em Aparecida, como, por exemplo, a implementação do projeto Cidade Inteligente, com destaque para a central de videomonitoramento. O serviço conta com 650 câmeras espalhadas pela cidade, com detector facial, de comportamentos e leitor de placas e outras atividades.

A estratégia de isolamento social por escalonamento intermitente, que estabelecia a quantidade de dias de fechamento do comércio, e, alternava as regiões de fechamento, baseado em quesitos técnicos como quantidades de infectados, leitos de UTIs disponíveis, entre outros pontos.

“Preciso agradecer a Israel. Porque salvamos vidas e cuidamos da economia, graças ao escalonamento regional. Na primeira vez que fui eleito, tive 59% dos votos, e fui reeleito com 98% dos votos, isso significa que cumpri a missão de facilitar e melhorar a vida da população, assim como pensei em Israel pela primeira vez”, frisou Gustavo Mendanha.

RELATED ARTICLES
- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments