InícioBrasilGusttavo Lima irá processar deputada que compartilhou vídeo fake pedindo impeachment de...

Gusttavo Lima irá processar deputada que compartilhou vídeo fake pedindo impeachment de Bolsonaro

Após viralizar na rede social um vídeo fake, compartilhado pela deputada federal Fernanda Melchionna (Psol-RS), no qual a plateia do show de Gusttavo Lima, em Portugal, pede o impeachment do presidente Jair Bolsonaro (PL), o cantor sertanejo resolveu entrar com uma ação e processar a parlamentar.

As imagens e o áudio eram parte de uma montagem.

Após a repercussão, Melchionna apagou o post dos Stories do Instagram, mas, algumas páginas seguem referenciando o vídeo a ela.

Em nota para a coluna de Leo Dias, do site Metrópoles, Gusttavo Lima e a produtora Balada Music se pronunciaram sobre o assunto. Leia abaixo na íntegra:

“A Balada Music vem por meio deste repudiar veementemente o vídeo fake publicado pela deputada federal Fernanda Melchionna (PSOL/RS), atribuído ao show do cantor Gusttavo Lima em Lisboa – Portugal”, começa o texto.

Em respeito ao público e trazendo a verdade dos fatos, esclarecemos que o vídeo original foi claramente editado. As imagens e o aúdio do original mostram o público ovacionando o artista com gritos ‘O Embaixador’. Em nenhum dos shows do artista no exterior houve qualquer manifestação política contra ou a favor ao atual governo.

Lamentamos que uma autoridade como a excelentíssima deputada e pessoas mal-intencionadas estejam divulgando fake news. Ressaltamos ainda que adotaremos todas as medidas necessárias cabíveis contra ela e demais envolvidos”.

Também para o veículo, a assessoria de Fernanda Melchionna mandou um comunicado: “No último dia 6 de março de 2022, nossa comunicação compartilhou um vídeo de um show do cantor Gusttavo Lima em Lisboa, em que o público supostamente gritava “Fora Bolsonaro”. Na sequência, fomos notificados de que o áudio do vídeo havia sido manipulado, e apagamos a postagem imediatamente. Nós queremos elucidar os fatos e nos retratar publicamente. Esta foi uma falha de apuração: o vídeo já havia sido publicado com o áudio alterado por outros portais, o que nos levou ao erro. Nós não temos compromisso com a desinformação e a disseminação de informações falsas. Ao contrário, nós a combatemos cotidianamente e sabemos dos danos que elas causam. Exatamente por isso, queremos reconhecer o erro, corrigir a informação e nos retratar publicamente com quem nos segue, e especialmente ao cantor e a sua equipe, pela publicação”, diz o texto.

RELATED ARTICLES
- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments