Início Brasília Ibaneis exonera servidores da Secretaria de Turismo investigados pela PCDF

Ibaneis exonera servidores da Secretaria de Turismo investigados pela PCDF

9
0

Ogovernador Ibaneis Rocha(MDB), exonerou três servidores da Secretaria de Turismo do Distrito Federal no final da tarde desta quarta-feira (22).

Eles estão sendo investigados pela Polícia Civil por suposto superfaturamento em contratações feitas pela pasta.

Envolvidos em esquema de corrupção na Setur são exonerados

Demissão foi publicada nesta quarta no Diário Oficial do Distrito Federal

Foi publicado na edição do Diário Oficial do Distrito Federal desta quarta-feira, 22, a exoneração de três pessoas ligadas ao esquema do superfaturamento da Secretaria de Turismo do Distrito Federal (Setur), no esquema da Operação El Dorado, no qual as pessoas envolvidas tiveram o mandado de prisão pela Polícia Civil do Distrito Federal-PCDF, após esquema de superfaturamento.

Os exonerados são o subsecretário da Administração Geral, Adriano Guedes Ferreira e os funcionários: Bruno Nunes Vianna Dourado e Keylla Cristina Silva Lima,-chefe e diretor da subsecretaria respectivamente.

Na operação desta terça, foram cumpridos oito mandados de prisão, sendo que sete deles no DF e um no Estado de Goiás. Todos os suspeitos são servidores públicos.

O superfaturamento foi a partir de contratos de limpeza da Setur, onde foram notados adulteração nos contratos, na licitação de contratos, dobrando o ambiente das metragens, dimensões maiores que as originais para superfaturar em contratos, aumentando o preço dos serviços.

A licitação de limpezas da Asa Sul e Norte tem pela planta, um contrato de 70 metros quadrados, mas estava sendo superfaturada em dobro: 140 metros cada Cat’s,

O caso mais escandaloso foi na sede da Secretaria do Turismo, sendo ocupada uma boa parte no Ulysses Guimarães. O local possui na planta 2,5 mil metros quadrados, mas no contrato estava 4,5 mil metros quadrados.

As limpezas das três sedes custaram R$ 40,5 mil aos cofres públicos. A empresa que realizou o serviço é a Smart e Serviços Especializados Ltda, contrato este publicado no Diário Oficial do DF, no dia 3 de julho, com dispensa e licitação para a empresa que ficou responsável pela lavagem e desinfecção de ambientes, contrato este feito devido a pandemia Covid-19.

As exonerações:

O GOVERNADOR DO DISTRITO FEDERAL, no uso das atribuições que lhe confere o artigo 100, incisos XXVI e XXVII, da Lei Orgânica do Distrito Federal, resolve: EXONERAR ADRIANO GUEDES FERREIRA do Cargo Público de Natureza Especial, Símbolo CPE-02, SIGRH 01000078,de Subsecretário, da Subsecretaria de Administração Geral, da Secretaria de Estado de Turismo do Distrito Federal.

EXONERAR BRUNO NUNES VIANNA DOURADO do Cargo Público de Natureza Especial, Símbolo CPE-04, SIGRH 01000079, de Chefe, da Unidade de Administração, da Subsecretaria de Administração Geral, da Secretaria de Estado de Turismo do Distrito Federal.

EXONERAR KEYLLA CRISTINA SILVA LIMA do Cargo de Natureza Especial, Símbolo CNE-07,SIGRH 01000170, de Diretor, da Diretoria de Compras e Logística, da Unidade de Administração, da Subsecretaria de Administração Geral, da Secretaria de Estado de Turismo do Distrito Federal.

IBANEIS ROCHA A secretaria pediu o afastamento dos servidores e criou uma comissão para analisar todos os processos da diretoria de Compras e Logística nesta gestão.