Início Notícias Goiás Caiado inaugura 12 obras ao lado da Enel no Entorno do Distrito...

Caiado inaugura 12 obras ao lado da Enel no Entorno do Distrito Federal e Nordeste Goiano

15
0

Pacote de benfeitorias inclui subestações e alcança 750 mil clientes em 40 municípios. Investimentos somam R$ 312,7 milhões. Durante evento, companhia anuncia outros três empreendimentos

O governador Ronaldo Caiado esteve na Cidade Ocidental, nesta quinta-feira (10/06), para inaugurar série de obras que buscam melhorar o fornecimento de energia elétrica em 40 municípios do Entorno do Distrito Federal e do Nordeste Goiano. São 12 empreendimentos da Enel Distribuição Goiás, incluindo subestações, cujo investimento é de R$ 312,7 milhões. A expectativa é beneficiar cerca de 750 mil clientes. “É um acontecimento importantíssimo, e mostra que, neste momento, a Enel tem cumprido com sua parcela de contribuição para o desenvolvimento do Estado de Goiás”, afirmou.

Durante o evento, Caiado destacou a importância das obras e ainda frisou seu compromisso, enquanto chefe do Executivo, de sempre buscar parcerias e promover ações que garantam qualidade de vida aos cidadãos goianos. “São subestações modernas, com o que existe de mais sofisticado hoje na Europa. Investimentos que dão a esta região capacidade de trazer empresas e indústrias”, disse. “Para crescer nas regiões mais carentes, principalmente Entorno, Nordeste e Oeste Goiano, precisamos do fornecimento de energia elétrica para ampliar nossa industrialização, gerando empregos consolidados. Não existe melhor programa social que o emprego, e não podemos ter gargalo”, completou.

“Reforçamos o compromisso com Goiás com esta obra, que é a expressão das melhores tecnologias que temos no mundo, para que possamos ter mais indústria e crescimento nesta região”, afirmou Nicola Cotugno, presidente da Enel no Brasil. Caiado lembrou o início da relação com a empresa, ainda no início da gestão, e afirmou que hoje considera o gestor da companhia um “grande parceiro” do Estado de Goiás.

“Discutíamos muito naquele quadro que ele recebeu a Celg e nós precisávamos de ter uma solução para a energia elétrica no Estado. Ele enxergava minha responsabilidade como governo, e entendeu que era preciso se concentrar em Goiás, que tinha um governo e um povo que queria desenvolver, e melhorar as regiões mais carentes e humildes”, afirmou Caiado.

A entrega das obras ocorreu na nova Subestação Estrela D’Alva. Esse sistema de alta tensão recebeu investimento de R$ 56 milhões, e alcança 230 mil clientes de Cidade Ocidental, Luziânia, Valparaíso de Goiás e Novo Gama. “Impacta muito, não só na nossa cidade como na região inteira”, destacou o prefeito anfitrião, Fábio Correa, que também enalteceu o fruto desta parceria. “Com essa união Estado, município, iniciativa privada (Enel), os frutos chegam e nosso patrão agradece, que é o povo”, frisou.

“O que se busca é trazer, ao final, mais qualidade e disponibilidade de serviço, agregando mais tecnologia de rede, para podermos à distância comandar, controlar, acompanhar e verificar”, pontuou o presidente da Enel Goiás, José Nunes.

A nova Subestação Estrela D’Alva é a terceira construída pela Enel Goiás no modelo compacto, muito utilizado em países da Europa, e caracterizado pelo uso de equipamentos super tecnológicos e multifuncionais, que diminuem o espaço necessário para a instalação. Com potência instalada de 80 MVA, a unidade conta com dois transformadores que trabalham com, no máximo, 60% do seu carregamento total. Em caso de falha em um desses equipamentos, toda a carga pode ser transferida ao outro, garantindo o fornecimento de energia até que os reparos necessários sejam realizados.

Longo prazo

O pacote de lançamentos desta quinta-feira inclui o seccionamento da Linha de Distribuição de Alta Tensão Brasília Sul – Marajoara; e as subestações Barro Alto, Planaltina, Águas Lindas, Marajoara, São João d’Aliança, Corumbá, Pacaembu, Pamplona, Centro Satélite e Itiquira, mais construções, ampliações e modernizações de subestações, implantação de novas redes de média e alta tensão e um Centro Satélite, o primeiro do Estado.

As entregas fazem parte do projeto Redes do Futuro, que tem como objetivo trazer para Goiás o que há de mais moderno no mundo da distribuição de energia elétrica. “Não é apenas o desenvolvimento de uma rede, mas trazer tecnologia para daqui 25, 30, 40 anos e no futuro, garantindo o crescimento contínuo deste Estado, que cresce acima da média”, salientou diretor de Infraestrutura e Redes de Goiás da Enel Distribuição, José Luis Salas.

Ainda durante o evento, a Enel anunciou outras três grandes obras na região: a construção de duas novas subestações, em Cristalina e Santo Antônio do Descoberto, e a construção da Linha de Distribuição Brasília Leste-Itiquira, uma demanda histórica da população. Já em fase de construção, a nova rede terá 55 quilômetros de extensão e beneficiará 175 mil clientes de 25 municípios. Atualmente, toda a região do Entorno e do Nordeste Goiano é abastecida por uma única linha de alta tensão. Quando há uma falha nessa rede, muitos clientes ficam sem energia.

Ainda este ano, serão entregues as novas subestações São Marcos, em Cristalina; e a de Santo Antônio do Descoberto. Na construção da São Marcos, estão sendo investidos R$ 50 milhões para levar ainda mais energia para uma das maiores áreas irrigadas da América Latina. Depois de pronta, a unidade beneficiará cerca de 550 grandes clientes rurais, que utilizam pivôs de irrigação em suas lavouras. Já a de Santo Antônio do Descoberto, depois de concluída, beneficiará 23 mil clientes do município e da vizinha Alexânia. Ao todo, serão investidos R$ 62 milhões na unidade, que aumentará a oferta de energia da região e melhorará os níveis de tensão da energia recebida pelos atuais clientes.

Ainda em 2021, a Enel pretende construir mais 13 subestações, além de modernizar e ampliar outras 54. Está prevista, também, a construção de mais 7 mil quilômetros de novas redes, o que vai permitir que zerar a demanda reprimida por energia em Goiás até o ano que vem. “Começamos hoje a fazer as intervenções necessárias para que possamos abrir os braços às indústrias, gerando emprego e renda”, afirmou o deputado federal, Adriano do Baldy. “Obrigado, governador, por buscar as obras de estrutura para um Goiás que todos nós sonhamos”. “Vai deixar o maior legado para nosso país: um governo de transformação, mas principalmente de honestidade”, arrematou o deputado estadual Wilde Cambão.

Oportunidades

Na sequência, Caiado conheceu as instalações do Programa Mais Empregos de Cidade Ocidental. A iniciativa funciona como um facilitador de oportunidades, conectando o trabalhador que procura por um emprego formal, o empreendedor que oferta a vaga, e os parceiros que oferecem os cursos gratuitos.

“Tem 128 ofertas de emprego hoje em Cidade Ocidental. O cidadão estava aqui há 1 ano e 2 meses desempregado, agora já viu a vaga e já está com o emprego organizado”, afirmou o governador. O homem citado se chama Cícero Bernardo Amorim, de 46 anos. Ele era açougueiro e agora vai trabalhar como motorista. “Tenho duas filhas para criar, aluguel para pagar, fui despejado. Mas, graças a Deus, na hora que bati na porta aqui, foi aberta para mim”, manifestou Cícero Bernardo.

Durante a visita, o governador destacou que o local visa auxiliar não apenas a população que busca qualificação e novas oportunidades, mas empresários que necessitem de ajuda. “Aqui tem toda uma estrutura para orientar o empreendedor também. Vai ter linha de crédito, orientação de como atuar no mercado”, explicou Caiado ao lembrar que a Agência de Fomento de Goiás (GoiásFomento) já liberou R$ 42 milhões para micro e pequenas empresas, em mais de mil operações de crédito só como apoio Fampe-Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas do Sebrae Goiás.

Também estiveram presentes os secretários de Estado, Adriano da Rocha Lima (Secretaria-Geral da Governadoria), César Moura (Retomada) e Tiago Freitas de Mendonça (Agricultura, Pecuária e Abastecimento); presidente do Instituto de Assistência dos Servidores Públicos do Estado de Goiás (Ipasgo), Hélio José Lopes; diretora de Comunicação da Enel Brasil, Janaina Vilela; deputado federal Célio Silveira; os prefeitos Allysson Lima (Alexânia), Carlinhos do Mangão (Novo Gama), Lucas da Santa Mônica (Águas Lindas de Goiás), Daniel Sabino (Cristalina), Delegado Cristomário Medeiros (Planaltina de Goiás), Aleandro Caldato (Santo Antônio do Descoberto), Diego Sorgatto (Luziânia), José Diniz (Abadiânia), Débora Domingues Carvalhêdo Barros (São João D’aliança) e Pábio Mossoró (Valparaíso de Goiás).

Ainda os vice-prefeitos Lula Viana (Cidade Ocidental), Matheus Ramos (Luziânia) e Zeli Fritsche (Valparaíso de Goiás); e o presidente da Câmara Municipal, Erasmo Carlos, representante dos demais vereadores; ex-prefeito Antônio Lima (Cidade Ocidental) e ex-deputado Marcelo Melo; a coordenadora regional de Educação de Novo Gama, Carla Moreno; os comandantes da Polícia Militar, tenente-coronel Samuel Arthur Bernardes de Faria, e do 4º Comando Regional Bombeiro Militar (CRBM), tenente-coronel Ricardo Silveira Duarte.