Início Notícias Goiás Vamos instalar um dos maiores Centros de Tratamento de Câncer do país”,...

Vamos instalar um dos maiores Centros de Tratamento de Câncer do país”, anuncia Caiado em visita à área doada pela Embrapa

36
0
COMPARTILHAR
Governador Ronaldo Caiado vistoria área de 136 mil metros quadrados, em Goiânia, doada pela Embrapa ao Estado: proposta é construir no local, com apoio de parlamentares, empresários, produtores rurais e União, grande centro de tratamento para pacientes com câncer

Terreno plano de 136,4 mil metros quadrados no Residencial Barravento, em Goiânia, era utilizado para pesquisas voltadas ao segmento agro. Governador passa a articular esforço conjunto com governo federal, parlamentares, empresários e produtores rurais a fim de garantir verba necessária para construção da obra

O governador Ronaldo Caiado visitou, na manhã desta quinta-feira (25/02), a área doada pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) ao Estado de Goiás. No local, ele anunciou, em coletiva à imprensa, que o terreno vai abrigar um Centro de Tratamento Contra o Câncer. “Acredito que, nos próximos anos, teremos um local digno para que os pacientes com câncer sejam corretamente tratados”, afirmou.

A fim de garantir os recursos necessários para a construção da obra, o governador disse que inicia, a partir de agora, negociações com governo federal, parlamentares – para a destinação de emendas -, empresários, produtores rurais e a sociedade para que “instalemos nessa área um dos maiores Centros de Tratamento Contra o Câncer no país”.

De acordo com Fernando Magela, chefe em exercício da Embrapa Arroz e Feijão, o terreno, localizado na Rua Doná Todica com a Rua Amélia Rosa, Residencial Barravento, em Goiânia, era utilizado pela empresa para pesquisas voltadas ao segmento agro. Em sua análise, tanto a empresa, como o Ministério da Agricultura e o governo federal, têm um papel importante com a população, especialmente neste momento que o país vive. “A ministra Tereza Cristina [da Agricultura] resolveu doar essa área para providenciar esse hospital tão importante para a sociedade goiana”, comentou.

Plano, o terreno tem 136,4 mil metros quadrados, o que vai permitir abrigar um amplo e bem equipado complexo de tratamento, para garantir aos pacientes uma assistência mais eficaz e, acima de tudo, mais humanizada. A unidade contará com espaços para internação, ambulatório, recuperação, quimioterapia, radioterapia, cirurgia, parte robótica, leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI), e também áreas reservadas para familiares onde as crianças estão em tratamento, que moram no interior.

“Sofisticação ao máximo; é algo inédito”, animou-se o governador. Com a área definida, o próximo passo será a elaboração do projeto arquitetônico e, na sequência, a busca pela dotação orçamentária para a obra.

Os trâmites da doação do terreno estão sendo conduzidos pela Secretaria-Geral da Governadoria (SGG). Titular da pasta, o secretário Adriano da Rocha Lima explica que a ação vai garantir a construção do maior complexo hospitalar para tratamento de câncer da América Latina, onde milhares de goianos serão assistidos. “Demos o primeiro passo para garantir atendimento e tratamento médico-hospitalar de qualidade para toda população. Crianças, mulheres, idosos e pacientes em geral poderão contar com um espaço humanizado e adequado com os melhores padrões internacionais na área da saúde”.

Preservação ambiental

Outra vantagem do terreno doado ao Estado, segundo apontou Caiado, é a garantia de preservação do meio ambiente. Aspecto ainda mais relevante em função da localização próxima à capital e à BR-153. “Estamos em um platô, que vai preservar tranquilamente a construção, sem provocar nenhuma erosão e assoreamento do córrego que chega até o Meia Ponte”, detalhou o governador, que garantiu também que as obras não causarão nenhum impacto sobre a reserva florestal que existe no local. “Qualquer área inclinada expõe a erosões. E nós trabalhamos sempre com esse sentimento: o que é vertente para uma bacia, nós respeitamos”, ressaltou.

Também acompanhou Caiado na vistoria o comandante do Corpo de Bombeiros do Estado de Goiás, coronel Esmeraldino Jacinto de Lemos.