InícioBrasilDF: Policial civil que matou mulher na Secretaria foi condenado na Lei...

DF: Policial civil que matou mulher na Secretaria foi condenado na Lei Maria da Penha

Policial civil que matou mulher foi condenado pela Lei Maria da Penha

O crime ocorreu na Sede II da pasta e foi confirmado pelo secretário Rafael Parente. A Polícia Civil investiga o caso

Um crime bárbaro chocou os servidores que trabalhavam na Sede II da Secretaria de Educação, na manhã desta segunda-feira (20/05/2019). Segundo informações preliminares, um homem armado entrou no prédio, que fica na 511 Norte, e atirou na funcionária da pasta, identificada como Débora Tereza Correia, 43 anos. Após o crime, ele tirou a própria vida.

O acusado é o policial civil identificado como Sérgio Murilo dos Santos, 51. Ele entrou no prédio e, em seguida, o casal começou a discutir. O homem deu um tiro no peito da vítima e depois se matou com um disparo feito na boca. As informações são conflitantes.

Eles tiveram um relacionamento. Sérgio foi condenado em novembro do ano passado pela Lei da Maria da Penha. Débora era servidora da pasta desde 2001. Trabalhava como professora, mas não etava trabalhando em sala de aula.

RELATED ARTICLES
- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments