Início Notícias Brasil Briga de torcedores transformar Taguatinga em praca de guerra!

Briga de torcedores transformar Taguatinga em praca de guerra!

165
0

Torcedor é espancado após jogo de futebol entre Gama e Fortaleza, no DF; vídeo

Imagens gravadas por moradores da QNL 8, em Taguatinga, mostra pancadaria e está circulando nas redes sociais. Partida foi no estádio Bezerrão, no sábado.

Por G1 DF e TV Globo

15/01/2018 14h49  Atualizado há 20 horas

Vídeo mostra homem sendo espacado por torcedores após jogo entre Gama e Fortaleza, no DF

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra um homem sendo espancado por um suposto grupo de torcedores, após uma partida de futebol entre Gama e Fortaleza, na noite de sábado (13), na região do Gama, no Distrito Federal. Nas imagens gravadas por moradores da QNL 8, em Taguatinga, é possível ver o início da confusão (vídeo acima).

A partida, amistosa, foi no estádio Bezerrão, na região do Gama, durante a tarde de sábado. O time candango perdeu por três gols para o time cearense. Até a última atualização desta reportagem, não se sabia a motivação da briga e ninguém havia sido preso.

A gravação divulgada na internet mostra um grupo correndo em meio à avenida, até que um dos homens cai no chão e leva vários chutes. Da janela, moradores que presenciaram a pancadria pedem que o grupo pare com as agressões. Em seguida, um carro escuro estaciona e alguns homens entram.

Um rapaz sem camisa, que levou os chutes, levanta, tenta correr mas cai de novo.

Confusão com torcedores após partida entre Gama e Fortaleza, no Bezerrão
Confusão com torcedores após partida entre Gama e Fortaleza, no Bezerrão (Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução)

Em um outro vídeo, um homem é atropelado. Do alto dos prédios da QNL, quem assistia à confusão se assusta, mas a briga continua, dessa vez com fogos de artifício estourados na calçada. As imagens não mostram quem lança os explosivos.

A gravação mostra ainda um homem de camiseta branca caído no chão, na beira da pista. Um outro torcedor chega para ajudá-lo a levantar e mais fogos são estourados.

Procurada pela reportagem, a Polícia Militar diz que recebeu um chamado pra a região da QNL, no sábado, mas quando chegou, não tinha mais ninguém no local. A 12º Delegacia de Polícia abriu inquérito para investigar o caso.

Veja mais notícias sobre a região no G1 DF