Início Notícias Brasil FAP-DF lança R$ 17 milhões em editais

FAP-DF lança R$ 17 milhões em editais

260
0

Recursos se destinam a startups e micro e pequenas empresas do Distrito Federal. Nesta terça (28), o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, participou da cerimônia que comemorou os 25 anos de criação da entidade

MARYNA LACERDA, DA AGÊNCIA BRASÍLIA

Na comemoração dos 25 anos da Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAP-DF), a instituição anunciou o lançamento dos editais Startup Inova Brasília e Pesquisa e Inovação em Microempresas e Empresas de Pequeno Porte.

FAP-DF  lança R$ 17 milhões em editais. Recursos se destinam a startups e micro e pequenas empresas do Distrito Federal. Rollemberg participou de cerimônia nesta terça (28) no Museu Nacional. Foto: Tony Winston/Agência Brasília

A cerimônia ocorreu nesta terça-feira (28), no Museu Nacional da República, com a presença do governador Rodrigo Rollemberg.

Com o objetivo de unir setor produtivo e academia, a FAP-DF vai investir R$ 13 milhões em microempresas e empresas de pequeno porte. Cada pequena empresa receberá até 250 mil, e cada microempresa, até R$ 150 mil.

O dinheiro é destinado a projetos de pesquisa que abordem o rompimento de barreiras para o avanço das seguintes cadeias produtivas:

  • Artefatos de concreto e cimento armado
  • Construção civil
  • Industrialização e beneficiamento de grãos
  • Indústria gráfica
  • Industrialização de alimentos
  • Madeira e mobiliário
  • Metalurgia, mecânica e materiais elétricos
  • Recuperação e manutenção de máquinas, aparelhos e equipamentos industriais, elétricos e eletrônicos
  • Tecnologias da informação e comunicação
  • Vestuário

No caso das startups de base tecnológica, a FAP-DF vai destinar R$ 4 milhões. Serão R$ 100 mil para cada empresa. Elas devem estar voltadas a produtos ou processos inovadores nas seguintes áreas:

  • Educação
  • Gestão pública
  • Mobilidade
  • Recursos hídricos
  • Saúde
  • Segurança

Os editais das duas concorrências foram publicados no Diário Oficial do Distrito Federal desta terça-feira (28).

FAP-DF investiu cerca de R$ 224 milhões desde 2015

Desde 2015, a FAP-DF investiu R$ 224 milhões em editais para projetos de pesquisa locais. A manutenção dos recursos destinados à pesquisa, mesmo em um momento de crise, é uma forma de incentivar a diversificação da economia do DF, destacou Rollemberg.

“Isso é resultado de uma decisão política de que jamais reduziríamos os recursos em ciência, tecnologia e inovação, cultura e programas sociais no DF.”

Com esse tipo de investimento, o DF pode se tornar mais competitivo, na avaliação do governador. “Brasília é uma cidade diferente por causa da natureza da economia local”, disse.

“Jamais vamos concorrer com os estados vizinhos em uma economia tradicional, com terrenos, mão de obra e insumos mais baratos. Aqui, temos que agregar conhecimento à nossa produção, daí a importância de manter recursos regulares e significativos para pesquisa.”

Na ocasião, Rollemberg também determinou às Secretarias de Planejamento, Orçamento e Gestão e de Ciência, Tecnologia e Inovação a organização de concurso para novos servidores da FAP-DF.

A comemoração contou também com o lançamento do Prêmio Roberto Pompeu de Souza Brasil de Jornalismo Científico, Tecnológico e de Inovação. O regulamento será divulgado em dezembro. As matérias poderão ser inscritas durante 2018 e a premiação ocorrerá no fim do próximo ano.

A valorização da fundação é fundamental para o avanço científico do DF, de acordo com o diretor-presidente da instituição, Wellington Almeida. “A FAP-DF é uma conquista de toda comunidade científica”, afirmou.

EDIÇÃO: PAULA OLIVEIRA