InícioBrasilPSB rompe com governo e pede renúncia de Temer

PSB rompe com governo e pede renúncia de Temer

Divulgação / PSB

O Partido Socialista Brasileiro (PSB) anunciou, neste sábado (20), que vai romper com o governo Temer e pedir sua renúncia.

A decisão veio no terceiro dia da crise politica impulsionada pela delação do dono do frigorífico JBS, Joesley Batista, depois de apresentar à justiça gravações que mostram o envolvimento do presidente em exercício em corrupção e organização criminosa.

Com a sexta maior bancada, PSB abandona governo, pede renúncia de Temer e defende convocação de eleições diretas

Com 42 parlamentares, o PSB tem a sexta maior bancada do Congresso e causa grande impacto ao deixar a base de Temer. “O PSB tomará uma decisão de sugerir a renúncia do presidente, porque ele perdeu as condições de governar o país. Dentro desse ambiente de renúncia, que é uma decisão dele, pessoal, ou no caso de vacância do cargo, o PSB defende o respeito à Constituição, fortalecerá e fechará questão com relação à votação da emenda das Diretas Já”, afirmou o secretário-geral do PSB, Renato Casagrande.

“Nós nunca fomos governo porque, desde o começo, nos negamos a indicar cargos, muito embora tenha o ministro indicado por setores do partido. Mas a decisão de hoje, primeiro, é sugerir ao presidente que, para facilitar a solução para o nosso país, que ele renuncie o mais rápido possível. Segundo, foi referendado meu ato de já ter assinado o impeachment contra o presidente Temer com outros partidos”, declarou Carlos Siqueira. O ministro a que ele se refere é Fernando Filho, de Minas e Energia. Apesar da orientação partidária de abandonar o cargo, não se pronunciou e manteve sua agenda.

As medidas fazem parte de uma resolução da Executiva do partido, divulgada após a reunião realizada neste sábado (20). No documento, o os membros afirmam ser “inevitável, nestas circunstâncias, que o sistema político e a sociedade civil, até mesmo para preservar níveis mínimos de coesão, se ponham em busca de soluções, emergindo neste contexto o que seria a alternativa mais simples e natural, ou seja, a grandeza da renúncia, quando se caracteriza o esgotamento da governabilidade”.  Do Portal Vermelho, com agências.

 

Informa Tudo DF

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments