InícioEnfim, distritais fazem primeira sessão do ano
Array

Enfim, distritais fazem primeira sessão do ano

A presença dos deputados em Plenário possibilitou a escolhas de nomes para as comissões e até votar projeto

Daniel Cardozo
 

patricio2014
Acabou a polêmica e, finalmente, foram reeleitos os presidentes de comissões da Câmara Legislativa. Pela primeira vez no ano, a sessão teve quorum para viabilizar as votações. Os mesmos nomes do ano passado foram escolhidos para as comissões, assim como o corregedor, deputado Patrício (PT), e o ouvidor, deputado Evandro Garla (PRB). E não foram apenas as comissões que tiveram deliberação.
Os deputados conseguiram votar projetos de reestruturação da carreira dos servidores da Agência de Fiscalização do DF, a Agefis, além de requerimentos e moções. Nem mesmo a ameaça de obstruir a pauta, que começou na semana passada, surtiu efeito e um pico de 15 deputados em plenário possibilitou as votações.
A decisão de manter os mesmos presidentes partiu da reunião do colégio de líderes de partidos e blocos. Desde a semana passada, se discutia se apenas o consenso seria suficiente ou se haveria necessidade de levar o tema à votação em Plenário. No caso das comissões, chegou-se à decisão em três delas: Defesa do Consumidor; Economia, Orçamento e Finanças; e Educação, Saúde e Cultura -, houve reunião pela manhã e os presidentes e vices foram reeleitos.
Para as comissões de Assuntos Fundiários e de Constituição e Justiça, foram convocadas votações em Plenário para confirmar também o que já se esperava, a manutenção dos presidentes do ano passado.  No caso da CCJ, foi convocada reunião pela manhã, mas os deputados não compareceram em número suficiente para fazer a votação.
Apesar de uma discreta movimentação no começo do ano para que o deputado Patrício fosse substituído na Corregedoria, ele recebeu 15 votos a favor e nenhum contra. Todos os deputados presentes no momento da votação foram favoráveis à continuidade de Patrício. No caso da Ouvidoria, Evandro Garla teve o apoio de 14 colegas e também não enfrentou objeções. Ambos agradeceram aos outros parlamentares pelos votos concedidos.

Fonte:  Jornal de Brasília

RELATED ARTICLES
- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments