Saúde convoca médicos temporários para rede pública

    18
    0

    Saúde convoca médicos temporários para rede pública       

    Saúde convoca médicos temporários para rede pública Foto:Pedro Ventura / Arquivo

    Profissionais têm cinco dias úteis para entregar documentação

    BRASÍLIA (3/2/14) – A Secretaria de Saúde do DF publicou no Diário Oficial do Distrito Federal de hoje a convocação de 24 médicos temporários. A lista inclui 16 médicos ginecologistas obstetras, cinco ortopedistas, dois radioterapeutas e um cancerologista clínico.

    Segundo o secretário de Saúde, Rafael Barbosa, “a contratação de médicos temporários foi essencial para suprir uma demanda reprimida e melhorar o atendimento”.

    Desde 2011, a pasta contratou mais de 14 mil profissionais. Em 2014, será realizado um novo concurso para a contratação de 6 mil novos profissionais, desses, mais de 1,6 mil serão médicos.

    “Isso mostra que a medida que a população e a demanda aumentam temos aumentado o número de pessoal, além de investir na estrutura, na atenção primária e em reformas em nossos hospitais”, ressaltou o secretário.

    A contratação temporária será pelo período de seis meses, podendo ser prorrogada por mais seis meses. Segundo o órgão, esse tempo é suficiente para a contratação de médicos para o cargo efetivo.

    Para assumir a função na rede pública de Saúde, os profissionais devem entregar a documentação exigida no edital, no prazo de cinco dias úteis, a contar da data da convocação no DODF.

    Os convocados deverão se apresentar na Secretaria de Saúde, situada no Setor de Áreas Isoladas Norte (SAIN), Parque Rural Estação Biológica, bloco B, térreo, na Asa Norte, das 8h às 12 e das 14 às 17h.

    Os requisitos básicos para a posse são: diploma de conclusão de curso de graduação de nível superior em medicina, devidamente registrado e expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério de Educação; registro no Conselho Regional de Medicina do Distrito Federal; e certificado de residência médica na especialidade ou título de especialista reconhecido pela Associação Médica Brasileira ou comprovação de conclusão de 75% da residência médica na especialidade para qual foi aprovado, expedida pela Comissão de Residência Médica.

    A relação completa de documentos a serem apresentados está disponível no site: www.saude.df.gov.br