Início Brasil Marcius Melhem processa Dani Calabresa em R$ 200 mil

Marcius Melhem processa Dani Calabresa em R$ 200 mil

130
0
COMPARTILHAR

Além da indenização por danos morais, o humorista pede que a atriz arque com as despesas com terapias do artista

A defesa de Marcius Melhem entrou com um recurso judicial, nesta quinta-feira (14), contra Daniella Giusti, mais conhecida como Dani Calabresa, por danos morais e materiais pelas acusações de assédio feitas pela humorista no fim do ano passado à revista Piauí.

No processo, ao qual o R7 teve acesso, o artista ainda pede uma indenização de R$ 200 mil que, segundo sua assessoria, serão doados à Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD).

O documento reitera que ambos tinha uma relação profissional “pautada por respeito, admiração e companheirismo”, mas que em maio de 2019 enfretaram uma “divergência profissional” devido ao projeto ‘Fora de Hora’.

“O projeto do ‘Fora de Hora’ era a junção do desejo de Daniella de ter um programa próximo ao ‘Furo MTV’ com outro projeto já existente em formato de telejornal. Daniella, que já externara o desejo de desligar-se do programa ‘Zorra’, acabou por não integrar os quadros do novo programa ‘Fora de Hora’, em vista do seu descontentamento com o formato proposto pela emissora. Essa divergência profissional culminou com o esgarçamento da relação de proximidade e de intimidade partilhada por ambos. Sentindo-se preterida, Daniella passou a afirmar estar sendo boicotada profissionalmente. O descontentamento culminou com a denúncia ao “compliance” da emissora, a respeito de atos que teriam sido praticados pelo Autor supostamente caracterizadores de assédio moral/sexual”, diz o processo.

“A gravidade da falsa imputação do crime/delito de assédio divulgada perante diversas mídias e corroborada pela Ré tem repercussão nacional, impondo dano incomensurável à reputação e honra do Autor. Além de ter sua vida profissional maculada de forma potencialmente irremediável, ganha relevo o reflexo da reprovabilidade pública de condutas delitivas/criminosas, como aquelas imputadas ao Autor, no âmbito familiar e social de Marcius”, destaca.

A acusação relata ainda que as filhas do comediante foram expostas pelas “falsas acusações” de Calabresa. “Destaque-se ainda que, como mencionado, o autor tem duas filhas, em idade escolar, que se encontram igualmente expostas e sujeitas à valoração negativa da imagem do pai.”

Além disso, a defesa do artista pede que Dani Calabresa arque com as despesas com terapias de Marcius, que ele gastou após o suposto caso ser publicado. Segundo o processo, a quantia gasta com os psicólogos somam R$ 46,4 mil. Com isso, a ação possui valor total de R$ 246,4 mil.

Fonte: R7