Início Brasília GDF inaugura Centro Especializado de Saúde da Mulher

GDF inaugura Centro Especializado de Saúde da Mulher

12
0
COMPARTILHAR

Unidade oferecerá atendimento de ginecologia e obstetrícia, mastologia, dermatologia, psicologia, nutrição, enfermagem, homeopatia e outros

Por Natália Cardim

O governador Ibaneis Rocha (MDB) participou de cerimônia de inauguração do Centro Especializado de Saúde da Mulher (Cesmu), na 514 Sul, na manhã desta segunda-feira (26/10). A unidade vai funcionar no prédio onde era a Policlínica da 514 Sul, construído em 1981 para ser inicialmente uma unidade básica de saúde (UBS), o antigo posto de saúde.

Para se transformar em um centro de atendimento especializado no atendimento apenas de mulheres, algumas adaptações precisaram ser feitas no edifício. Consultórios foram reformados para a realização de procedimentos, como inserção de DIU, curetagem e colposcopia.

O governador Ibaneis Rocha começou o seu discurso agradecendo os profissionais da saúde pelo trabalho que está sendo desenvolvido nesta pandemia. “Esse é um espaço dedicado integralmente para a mulher. Estamos também fechando a licitação do hospital oncológico para nos tornarmos referência no DF.”

“É uma realização muito importante porque faltava no DF um centro de atendimento à mulher que desse essa qualidade no atendimento e os encaminhamentos corretos para que a gente possa ter a cura não só do câncer, mas também de outras doenças que afligem todas as mulheres da capital. O atendimento aqui, de mais de 3 mil mulheres por mês, vai ajudar a desafogar a Saúde do DF e dar mais qualidade da vida a essas que merecem todo nosso apoio”, disse o governador.

Para a secretária da Mulher, Ericka Filippelli, o GDF tem feito bastante ao “entregar obras e um espaço importante como esse, relacionado à saúde da mulher, mas que não diz respeito a pandemia, e sim de atendimento integrado”. Ainda de acordo com a secretária, “a mulher neste governo é importante”.

A clínica da mulher terá 15 consultórios, uma sala para a realização de exames para o apoio diagnóstico, uma sala de vacinas, uma para a triagem dos pacientes e uma farmácia. As paredes internas serão brancas com adesivos florais e frases motivacionais.

O secretário de Saúde Osnei Okumoto disse que o centro trata-se de um sonho desse governo que está sendo realizado. “A previsão inicial é de serem ofertadas aproximadamente 2.800 consultas médicas por mês e 900 consultas por mês com equipe multidisciplinar, além da dispensação de medicamentos especializados”, disse.

Atendimento secundário

O Centro Especializado em Saúde da Mulher é um serviço ambulatorial criado com o objetivo de fornecer a assistência integral à saúde da mulher, incluindo serviço de apoio à vulnerabilidade e às mulheres vítimas de violência.

A unidade de saúde vai oferecer atendimento de ginecologia e obstetrícia; mastologia; dermatologia; psicologia; assistência social; nutrição; enfermagem; acupuntura; homeopatia e exames da mulher em geral. O GDF também pretende criar um programa de planejamento familiar reprodutivo para acontecer no Cesmu.

A clínica vai atender mulheres de todo o DF. As pacientes não deverão procurar atendimento diretamente no local. Depois, serão encaminhadas para a clínica pelas UBSs, responsáveis pelo atendimento primário aos pacientes. Ou seja, marcarão consultas no local por indicação da equipe da UBS.

A Secretaria de Saúde ainda não definiu a capacidade de atendimento do Cesmu, porque muitos servidores da atenção secundária foram deslocados para os principais hospitais do DF para reforçar o atendimento dos casos de Covid-19. A SES também está realocando os serviços e os servidores da Policlínica que funcionava no local.

Com informações do Metrópoles 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here