Início Brasília Planaltina comemora aniversário virtualmente  

Planaltina comemora aniversário virtualmente  

15
0
COMPARTILHAR

Agosto será marcado por sucessivas transmissões de lives sobre a história da cidade mais antiga do DF 

A cidade, que existe desde o século 19, preserva diversos pontos da arquitetura original: história viva | Fotos: Lúcio Bernardo Jr / Agência Brasília

Os moradores de Planaltina entrarão no túnel do tempo a partir deste sábado (1º), às 16h. Para comemorar os 161 anos da cidade, a administração regional preparou uma programação com cinco lives sobre o primeiro núcleo urbano da capital. O historiador Elias Manoel e o professor Xiko Mendes resgataram a história da construção da região.

Toda a festa foi elaborada com as devidas precauções, diante do momento de pandemia. “Há toda uma preocupação do governo em evitar aglomerações e, consequentemente, a proliferação do novo coronavírus, mas nos adaptamos para comemorar essa data tão importante para a cidade”, explica o administrador de Planaltina, Célio Pimentel.

“Muito antes de Brasília ser Brasília, Planaltina era Mestre d’Armas, onde se plantou a pedra fundamental para a construção da nova capital da República”, lembra o secretário de Cultura e Economia Criativa, Bartolomeu Rodrigues. E curiosidades sobre aspectos históricos não faltarão na comemoração da data.

Cidade histórica

Um dos convidados da primeira live de sábado, o pesquisador Elias Manoel explica que Planaltina surgiu há 209 anos, em 1811. “Vamos resgatar a história da região e ajudar na compreensão sobre a formação de Planaltina”, conta. “Dessa forma, é possível entender a importância desse núcleo para o processo de transferência da capital para o DF”.

Em 1922, após a passagem da Comissão Cruls (Comissão Exploradora do Planalto Central, chefiada pelo astrônomo e geógrafo belga Luiz Cruls), o então presidente da República, Epitácio Pessoa, determinou o assentamento da Pedra Fundamental onde se pretendia construir a futura capital do Brasil. O monumento fica no Morro da Capelinha.

Pedra Fundamental: mais que um monumento, o marco de onde o conceito Brasília começava a nascer | Foto: Vinícius de Melo / Agência Brasília

A partir da década de 1960, foi registrado um período de crescimento populacional derivado da criação da capital federal, com o surgimento de novas áreas habitacionais ao redor do núcleo tradicional acompanhando o traçado viário.  Em 1964, a Lei nº. 4.545 dividiu o DF em oito regiões administrativas (RAs), sendo Planaltina a RA VI.

“E hoje, Planaltina continua sendo um dos territórios culturais mais criativos do DF”, valoriza o secretário de Cultura. “É motivo de orgulho de todos nós. Faz por merecer o complexo cultural, um equipamento moderno mantido pela secretaria para fomentar a cultura na cidade.”

“Planaltina continua sendo um dos territórios culturais mais criativos do DF. É motivo de orgulho de todos nós”Bartolomeu Rodrigues, secretário de Cultura e Economia Criativa

Projetos culturais  

Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec) coordena dois projetos na cidade: Ocupação Horizontal no Complexo Cultural de Planaltina e Planaltina Arte Urbana. O primeiro, patrocinado pelo Fundo de Apoio à Cultura (FAC), trabalha com oficinas de produção cultural.

Planaltina Arte Urbana, por sua vez, terá entre os destaques a contratação de grafiteiros que vão criar um painel para uma das paredes externas do Complexo Cultural da Planaltina. “Também idealizamos a segunda edição do nosso projeto Lives de quinta com bate-papos sobre a região, a história e seu patrimônio cultural, com convidados que são considerados tesouros vivos da nossa cidade”, adianta o gerente do complexo, Júnior Ribeiro.

Complexo Cultural de Planaltina funciona como ponto de encontro de artistas e da comunidade em geral. Mais de 30 mil pessoas frequentaram o espaço ao longo de seus dois anos de funcionamento. Já passaram por lá eventos como Encontro de Violeiros e Violeiras do DF, Projeto I’ll be There (tributo a Michael Jackson), Encontro de Folias de Reis, Festival Parque Sucupira de MPB, Mostra de Cinema e Direitos Humanos e Festival de Brasília do Cinema Brasileiro.

“Todas essas atividades culturais fortalecem a cadeia produtiva e oportunizam o consumo à periferia”, ressalta Júnior Ribeiro. “Antes da inauguração do Complexo, a comunidade de Planaltina precisava sair da sua região de origem para consumir cultura no Plano Piloto. Hoje é possível consumir cultura na nossa própria cidade.”

GDF Presente

Nos últimos dias, os moradores de Planaltina convivem com equipes e equipamentos do GDF Presente. São caminhões, retroescavadeiras, patrolas, tratores e outras máquinas da Novacap, SLU e DER-DF. Todo esse aparato também faz parte do calendário de comemorações e ficará na cidade até a próxima terça-feira (4).

O plano de ação do mutirão conta com patrolamento das vias sem pavimentação, criação do sistema de drenagem, recolhimento de lixo e entulho, construção de galerias de águas pluviais e podas de árvores. “É uma forma de mostrar que o governo tem um carinho muito grande por Planaltina e de mudar o dia a dia das pessoas com reparos que parecem simples para uns, mas que fazem diferença para outros”, destaca o administrador da cidade.

Um dos trabalhos mais importantes realizados pelas equipes do Polo Norte foi concluído na quinta-feira (30/7): o ajuste e patrolamento das estradas de acesso que levam ao Monumento da Pedra Fundamental de Brasília, um dos pontos turísticos mais conhecidos da região. Ao todo, 20 quilômetros de estradas receberam nivelamento, o que garante a segurança de quem quiser acessar o local.

O GDF Presente também atuou no Bairro Estância. No local, puderam ser recolhidas 220 toneladas de entulhos e inservíveis. Já às margens da DF-230, foram roçados 2,5 quilômetros lineares de área verde. Outro ponto da cidade também visitado pelas equipes foi a comunidade Bica do DER, onde dois quilômetros de vias sem pavimentação receberam patrolamento e colocação de fresado de asfalto.

Live Narradores Mestre d’Armas – Conheça Planaltina

  • Onde: página do Instagram da Administração Regional de Planaltina (@admplanaltinadf)
  • Quando: dias 1º, 8, 15, 22 e 29 deste mês, sempre a partir das 16h.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here