Início Brasília Localização privilegiada: DF ganhará novo bairro residencial perto da antiga Rodoferroviária

Localização privilegiada: DF ganhará novo bairro residencial perto da antiga Rodoferroviária

1133
0
COMPARTILHAR
Brasília (DF), 20/06/20. Novo bairro do Distrito Federal entre a Rodoferroviária e a estrutural. Foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles

A área é de propriedade da União e do Exército. A previsão é de que sejam construídos apartamentos e comércios

Brasília terá um novo bairro residencial. O empreendimento será erguido nas proximidades da antiga Rodoferroviária, entre a via Estrutural e a Estrada Parque Indústria e Abastecimento (EPIA). O complexo habitacional vai ser construído em uma parceria entre o Governo do Distrito Federal, a Secretaria de Patrimônio da União (SPU) e o Exército Brasileiro.

O terreno (foto em destaque) está jurisdicionado ao Exército, assim, a instituição será a responsável pelas licitações a fim de alienar a gleba. “O novo bairro não será área militar. As projeções serão alienadas para que a iniciativa privada construa prédios residenciais, comerciais e de uso misto”, esclareceu o Exército, por meio de nota enviada ao Metrópoles.

Confira o terreno do novo bairro circulado por linha branca:

DF TERÁ NOVO BAIRRO PERTO DA RODOFERROVIÁRIADF terá novo bairro perto da Rodoferroviária
DF terá novo bairro perto da Rodoferroviária

O Plano de Uso e Ocupação do novo bairro está sendo elaborado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh), com a cooperação do Exército, obedecendo aos parâmetros previsto na Lei de Uso e Ocupação do Solo (Luos) e no Plano Diretor de Ordenamento Territorial (PDOT) do DF.

“Por determinação do governador Ibaneis Rocha (MDB), em conformidade com a cooperação firmada com o Exército Brasileiro e a SPU, a Seduh está trabalhando na elaboração do Plano de Uso e Ocupação da área”, afirmou o secretário de Habitação do DF, Mateus Oliveira.

O documento elaborado pela pasta estabelecerá as diretrizes urbanísticas, como, por exemplo, quais as áreas e altura máxima que as edificações poderão ter, além da delimitação de seu uso.

Veja imagens da área:

Para fazer o empreendimento sair do papel, os parceiros precisam dirimir uma questão. “Para implantação de um bairro moderno e sustentável naquela área é preciso extinguir a atividade de operação de carga e descarga de minério [carvão de coque, bauxita e areia] que ainda está sendo executada no ramal ferroviário”, ressaltou o Exército ao Metrópoles.

Esse tipo de operação é considerada potencialmente poluidora, podendo causar degradação ambiental, portanto, incompatível com uma área residencial.

O novo bairro ainda não tem nome ou quantidade de residências e comércios que serão instalados, informações que constarão ao final do plano elaborado.

Mesmo sendo próximo, a área do Shopping Popular não está incluída no imóvel do Exército onde será erguido o novo bairro.

Fonte: Metropoles

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here