Início Brasília DF: Parques e igrejas reabrem nesta quarta. Veja o que você precisa...

DF: Parques e igrejas reabrem nesta quarta. Veja o que você precisa saber

104
0
COMPARTILHAR

Templos só podem funcionar se disponibilizarem álcool em gel e fizerem checagem de temperatura. Parques abrirão das 6h às 21h

Começa a valer nesta quarta-feira (03/06) o decreto que libera o funcionamento de parques e a realização de missas, cultos e rituais de qualquer religião no Distrito Federal. As atividades estavam suspensas por causa da pandemia do novo coronavírus e serão retomadas com várias restrições de público, horário e modo de operação.

Entre as igrejas católicas, a Arquidiocese de Brasília anunciou diretrizes a serem adotadas. Uma delas é a de que, durante as celebrações, não seja realizado o “abraço da paz”. Além disso, a distribuição da hóstia sagrada deve ser feita com uso de máscara facial e prévia higienização das mãos.1

O Santuário Dom Bosco, por exemplo, terá missa presencial a partir das 18h. Tapetes especiais para limpar os calçados, equipe de acolhimento de medição de temperatura e sinalizações no chão para fila da comunhão são algumas das providências adotadas. “Até na hora das contribuições vamos disponibilizar um QR Code a fim de evitar que se pegue em dinheiro ou moeda”, conta o padre Jonata Costa.

Por ser um local com espaço amplo, o sacerdote não crê que haverá qualquer problema de aglomeração. “Temos capacidade para 2 mil pessoas. Se colocar um sentando em cada banco, já são 200, então, será tranquilo”, explica.

Evangélicas

Entre as evangélicas, a igreja Núcleo da Fé, no Núcleo Bandeirante, também está preparada. Com os cultos programados para quinta-feira (04/06), foi feito um aplicativo para que os frequentadores indiquem se vão comparecer ou não. “Nossa expectativa, no entanto, é de poucas pessoas. Em Goiás, por exemplo, que já abriu há mais tempo, o movimento está 70% menor”, destaca o pastor Wilbert Batista.

No entendimento do líder religioso, a reabertura será muito mais tranquila do que em bancos e shoppings. “Nosso povo ouve o que a gente fala. Se pedir para sentar em um lugar, vai sentar. São pessoas já do nosso convívio e entendem a situação”, afirma Batista.

Confira as regras para a realização de cultos e missas no DF:
  • Os encontros devem ser realizados em locais com capacidade para mais de 200 pessoas;
  • Afastamento mínimo de 1,5 metro entre fiéis, com demarcação específica nas cadeiras;
  • Alternar fileiras de assentos a serem ocupadas de outra desocupada;
  • Afixação, em local visível e de fácil acesso, de placa com as informações quanto à capacidade total do estabelecimento, metragem quadrada e quantidade máxima de frequentadores permitida;
  • Proibição do acesso de idosos com mais de 60 anos, crianças com menos de 12 anos e pessoas do grupo de risco;
  • Na entrada, deve haver produtos para higienização de mãos e calçados, preferencialmente álcool em gel 70%;
  • Uso obrigatório da máscara de proteção facial;
  • Medição da temperatura dos frequentadores na entrada do estabelecimento, com termômetro infravermelho, sem contato, sendo proibida a entrada de quem apresentar temperatura igual ou superior a 37,3°C;
  • Horários alternados nas celebrações presenciais, com intervalos entre eles de, no mínimo, duas horas.

Parques

Dezenove parques no DF também abrem com limitações. O funcionamento será entre 6h e 21h, sendo obrigatório o uso de máscaras de proteção facial. Quem estiver sem o acessório pode ser multado ou até mesmo enquadrado no crime de infração de medida sanitária.

No entanto, seguem fechados restaurantes, quiosques e lojas instaladas nos parques. Além disso, ainda está proibido o uso de campos para atividades coletivas, como futebol e vôlei.

Conforme explica Cláudio Trinchão, presidente do Instituto Brasília Ambiental, que é responsável por 17 dos parques reabertos, os preparativos foram feitos. “Desde segunda [01/06] estamos fazendo a limpeza e passamos fita zebrada em todos os pontos que ainda não estão permitidos, como bebedouros, vestiários e equipamentos de ginástica”, conta.

Segundo ele, a reabertura é focada estritamente na saúde das pessoas. Caminhadas e passeios de bicicleta estão permitidos, mas encontros, piqueniques ou qualquer outra atividade que cause aglomeração está proibida. “Nós teremos seguranças e agentes fazendo essa orientação. É necessário que a população tenha consciência, pois uma postura diferente pode ser adotada caso as regras não sejam cumpridas”, frisa Trinchão.

De acordo com o decreto, estão vetados:
  • Qualquer tipo de comércio dentro dos parques, inclusive ambulantes;
  • Equipamentos de musculação e demais áreas de atividades coletivas;
  • Uso de banheiros e bebedouros;
  • Acampamento.

No caso do Parque Nacional, as piscinas permanecerão fechadas e só será liberado o acesso às trilhas. No Parque da Cidade, o Nicolândia não funcionará.

Veja os parques que serão reabertos:
  • Parque da Cidade Dona Sarah Kubitschek;
  • Parque Ecológico do Paranoá;
  • Parque Recreativo do Gama (Prainha);
  • Parque Ecológico do Gama;
  • Parque Ecológico Sucupira (Planaltina);
  • Parque Ecológico do Lago Norte;
  • Parque Ecológico da Asa Sul;
  • Parque Ecológico Olhos D’água;
  • Parque Ecológico Ezequias Heringer (Guará);
  • Monumento Natural Dom Bosco (Lago Sul);
  • Parque Ecológico de Águas Claras;
  • Parque Ecológico do Riacho Fundo;
  • Parque Ecológico do Areal (Arniqueiras);
  • Parque Ecológico Veredinha (Brazlândia);
  • Parque Ecológico do Cortado (Taguatinga);
  • Parque Ecológico 3 Meninas (Samambaia);
  • Parque Ecológico do Tororó;
  • Parque Ecológico das Copaíbas (Lago Sul);
  • Parque Nacional de Brasília (Água Mineral).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here