Início Brasília Vamos pensar em 2022?

Vamos pensar em 2022?

82
0
COMPARTILHAR

Uma das maiores promessas para as eleições gerais de 2022 é Carlos Tabanez (ou somente Tabanez).

Empresário bem sucedido , não tem nenhum vício político (…) somente faz aquilo que acredita efusivamente.

Muitas pessoas se perguntam do por quê de um homem tão bem sucedido querer se enveredar na política; um âmbito que não está sendo visto com bons olhos pela população em geral (basta ver o quantitativo de abstenções na última eleição / votos brancos e nulos).

Me arrisco a dizer que necessitamos – nós enquanto cidadãos eleitores – olharmos e entendermos que temos a obrigação de extirpar esses tais políticos profissionais que profanaram e ainda levaram ao descrédito a plenitude democrática que é você escolher quem você quer que lhe represente nos poderes legislativo e executivo.

Mas por que há tantos políticos corruptos ? Será que culpa é meramente desses abutres politiqueiros ? Será que a população não tem a sua parcela de culpa nisso ?? Pois se eles estão lá é porque foram eleitos, certo ?

A mesma população que reclama da corrupção vota, por exemplo , em candidatos (hoje deputados ) tais quais Paula Belmonte ( deputada federal) que derramou fortunas para ser eleita, José Gomes (deputado distrital) que teve condenação em 1ª instância por coagir seus funcionários a votarem nele (…) Bem , se eu for citar cada um aqui , esse artigo passará a ser matéria que dará visibilidade para quem não merece.

Vamos ao que interessa ?

Enquanto a população não parar de condicionar seu voto continuaremos reféns desta cleptocracia institucionalizada por nós mesmos.
Por que não votar em pessoas que sabemos que querem mudar o cenário político na economia, no social , no comércio local , do microempreendedor (…) ?? Por que não ?

Ou as pessoas param de jogar lixo nas urnas e mudam para um futuro que querem, ou simplesmente aceitem o que vier e sem reclamar.

Dentre vários outros bons nomes que irão surgir, Carlos Tabanez já tem uma base coesa e mostrou em sua primeira eleição (2018) que dava para militar sem se valer de práticas espúrias e duvidosas; apenas oferecendo seu trabalho com seriedade quando fosse mandatário.

Até que isso aconteça, ele continua agindo da mesma maneira de antes , durante e depois do último pleito: com bastante humildade e conversando com todos aqueles que não tiveram a oportunidade de conhecê-lo anteriormente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here