Início Notícias Brasil Movimentos Sociais declaram apoio a Leila do Vôlei e colocam milhares de...

Movimentos Sociais declaram apoio a Leila do Vôlei e colocam milhares de voluntários nas ruas do DF

169
0
COMPARTILHAR

Por Melissa Papandreu

AGNOT – MSF – 11.09.18 – DF – MP – Após diversas manifestações de apoio por parte de sindicalistas e políticos das mais diversas matizes políticas e ideológicas, das várias categorias de servidores públicos e de trabalhadores do Distrito Federal contra os ataques pessoais que vem sofrendo após passar a liderar as pesquisas para o Senado no DF, a ex-secretária de Esporte e Lazer do GDF, Leila do Vôlei, recebeu ontem o apoio de mais de cem (100) dirigentes de movimentos sociais e organizações populares, entre lideranças comunitárias, culturais, de idosos, mulheres, sem terras e sem tetos, estudantes, ambientalistas, dentre outros.

Apoiada pelos mais variados setores sociais da população de Brasília, a candidatura de Leila do Vôlei tem se tornado uma outsider dentro do contexto local e fugido aos padrões da política tradicional. Tanto que diversos candidatos a senadores têm abandonado seus parceiros de chapa para serem o segundo voto com Leila, que assumiu a liderança e hoje em todas as “casas de aposta eleitoral é considerada a mais votada”, afirma Graziela Arruda do Jornal Correio Popular.

Segundo Soraya Hamid, Subcoordenadora Geral da UNIPOP – Universidade de Políticas do Movimento Popular –, responsável pela formação política ideológica de muitos militantes sociais no DF, “Leila tem assumido posições políticas bastante comprometidas com o apelo popular que somado a sua simpatia pessoal tem arregimentado multidões por onde passa para os mais diversos atos políticos”. Stefanyne Sousa, da direção colegiada do MDD – Movimento Democracia Direta afirmou que um dos principais pontos de apoio e base para que os movimentos sociais apoiem Leila foi a forma com que ela construiu sua Proposta de Mandato, com a ampla participação popular, de movimentos sociais e partidos políticos, além do conteúdo que agradou a militância que trabalha o dia a dia junto aos movimentos de massa no Distrito Federal.

Jesus Nascimento Costa, líder de um dos maiores acampamentos de sem-terra no DF, afirmou que “Leila é a única candidata que está lançando um Programa de Mandato, que em síntese é uma Carta Compromisso e que atende à demanda dos trabalhadores rurais”. Dorothéa Cavalcanti líder comunitária e uma das principais dirigentes das associações de sem tetos no DF, disse que: “Leila foi uma das poucas políticas e mandatárias, como secretária de Esporte e Lazer que atendeu as nossas reivindicações. Nos permitindo ter acesso a práticas esportivas antes negadas porque morávamos na periferia. E com ela tivemos acesso as várias modalidades. Meus filhos foram incluídos e lhe somos eternamente gratos”. Dorothea finalizou afirmando que os sem tetos desejam Leila no Senado para ampliar suas propostas para os sem tetos no Brasil.

Na reunião realizada nesta quinta-feira, 13, na sede do Movimento Justiça Sem Fronteiras, que congrega um grupo de advogados que presta assessoria jurídica aos movimentos sociais, a candidata Leila do Vôlei foi representada por um de seus principais coordenadores de campanha, advogado Acilino Ribeiro, que fez uma explanação  sobre a necessidade dos movimentos sociais terem uma representante no Senado Federal, apresentou a minuta do Programa de Mandato da candidata, o qual os próprios movimentos participaram da elaboração e concluiu traçando a estratégia de mobilização que os movimentos sociais farão a partir de hoje nos assentamentos, acampamento, universidades, colégios, feiras, pontos de ônibus, metrô e cidades satélites. Os mais de cem dirigentes e líderes de movimentos sociais e organizações populares presentes fizeram uma explanação de como trabalharão e estimaram colocar até o final da campanha aproximadamente cinco mil militantes para ajudar na distribuição de material e fazer a boca a boca no apoio à candidatura de Leila do Vôlei. E iniciam essa estratégia já nesse final de semana nas vinte e sete (27) cidades do Entorno do DF com apoio de líderes de sindicatos de trabalhadores rurais da região.

Acilino agradeceu a participação de todos e declarou para os meios de comunicação comunitária presentes a reunião que: “Leila hoje não é só uma candidata. É uma causa do povo, a quem a população abraçou e que simboliza tudo de bom e de novo na política. Que vem construindo uma identidade política nacionalista e humanista e voltando suas ações para os eixos que serão prioridades no Senado, como Esporte, Educação, Mulher e Criança e Adolescente e a transforma no símbolo da luta pelos Direitos Humanos, a Justiça Social e a Soberania Nacional”. César Ribeiro, Coordenador do Justiça Sem Fronteiras também declarou o apoio da militância e dos Quadros da JSM á candidatura Leila e finalizou a reunião agradecendo a participação de todos, e parafraseando o que disse Acilino no início da reunião afirmando que “essa luta no Brasil de hoje é pela democracia contra o fascismo, e que os movimentos e organizações tem que ter um lado. E esse lado é o lado da democracia”. Finalizou.  MSF\MP.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here