Início Notícias Brasil Detran-DF sinaliza área de espera exclusiva para motos nos semáforos

Detran-DF sinaliza área de espera exclusiva para motos nos semáforos

418
0
COMPARTILHAR
Eixo Monumental, Plano Piloto, Brasília, DF, Brasil 20/9/2017 Foto: Dênio Simões/Agência Brasília. Como parte da programação da Semana Nacional de Trânsito e Mobilidade, o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) vai criar 33 áreas de espera para motos nos cruzamentos de semáforos no Eixo Monumental (Vias S1 e N1) até o fim do mês.

Medida visa diminuir número de acidentes com esse tipo de veículo. Projeto começou pelo Eixo Monumental, onde foram instalados 5 bolsões nesta quarta (20)

LARISSA SARMENTO, DA AGÊNCIA BRASÍLIA

Como parte da programação da Semana Nacional de Trânsito e Mobilidade, o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) vai sinalizar 33 áreas de espera para motos nos cruzamentos de semáforos no Eixo Monumental (Vias S1 e N1) até o fim de setembro.

Bolsões serão instalados em 33 pontos do Eixo Monumental até o fim de setembro. Foto: Dênio Simões/Agência Brasília

Os chamados bolsões estão previstos na Resolução nº 550, de 2015, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

O diretor-geral do Detran-DF, Silvain Fonseca, explica que a medida serve para os motociclistas ficarem mais bem posicionados, perto dos sinaleiros fechados, e, assim, saiam na frente dos carros no sinal verde, para aumentar a segurança.

Na madrugada desta quarta-feira (20), já foram instaladas cinco dessas áreas exclusivas nos cruzamentos de cinco semáforos da S1.

Segundo Fonseca, Brasília tem cerca de 195 mil motos, e elas estão em um terço dos acidentes graves registrados. “Vamos trabalhar para que não haja nenhuma morte de motociclista”, resume o diretor-geral.

Estatísticas do Detran-DF mostram que houve uma redução de 20% no número de mortes de motociclistas no trânsito de janeiro a agosto de 2017 — foram 52 — comparado ao mesmo período do ano passado: 65.

Da agência Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here