Início Notícias Brasil “Devo, não nego, pago quando puder” Cristiano Araujo e Liliane Roriz são...

“Devo, não nego, pago quando puder” Cristiano Araujo e Liliane Roriz são os deputados que mais devem a União!

202
0
COMPARTILHAR

Deputados distritais devem R$ 116 milhões à União, aponta levantamento

Dados obtidos a pedido do G1 são da Procuradoria-Geral da Fazenda. Lista engloba débitos em nome dos distritais ou de empresas ligadas a eles. O levantamento consultou a situação dos 24 parlamentares da Câmara Legislativa do Distrito Federal

Por Gabriel Luiz, G1 DF

São débitos em nome deles ou de empresas ligadas aos parlamentares. Isso inclui pendências como atraso em imposto de renda, FGTS não recolhido ou alguma falta com o INSS.96% dessas dívidas são irregulares – por ainda estarem em aberto.

Cristiano Araújo

O deputado do PSD é quem mais tem dívidas. Só no nome dele, são R$ 46 mil. Além disso, Cristiano Araújo é sócio de duas empresas devedoras: a “Vigilância Patrimonial Armada” (R$ 99,8 milhões) e a “Taif Tecnologia” (R$ 513,76 mil).

O distrital também aparece como “corresponsável” pelas dívidas do “Shopping Península Sul Administração de Lojas”, que chegam a R$ 11,99 milhões.

A corresponsabilização ocorre quando alguém assume a dívida que era originariamente de outro contribuinte. No caso, o montante passa a ser exigível tanto do devedor original quanto do devedor corresponsável.

Veja pendências relacionadas ao deputado Cristiano Araújo
Veja pendências relacionadas ao deputado Cristiano Araújo (Foto: Arte/G1)

A assessoria de imprensa do deputado informou que ele possui uma “certidão positiva com efeitos de negativa” – uma espécie de nada consta. Em relação à Vipasa, ele afirmou ter sido sócio por apenas quatro meses, para compor sociedade minoritária com o pai já falecido. Deixou a sociedade em janeiro de 2010.

“O patrimônio (espólio) dessa empresa foi deixado por seu pai, falecido em março de 2016. O espólio irá responder por todas as dívidas do pai falecido ou por qualquer ação, que seja de sua responsabilidade civil.”

Sobre a Taif, ele afirma ter deixado de ser sócio minoritário em janeiro de 2011, quando a empresa encerrou as atividades. Os débitos com fornecedores são questionados na Justiça. “A empresa também era do pai dele. O espólio também irá responder por todas as dívidas.”

Com relação ao terreno Shopping Península Sul, era do pai dele e foi vendido pelo distrital para quitar dívidas trabalhistas. “O deputado Cristiano desconhece que tenha assumido dívidas que chegam a esse valor. Ele nunca teve relação com esse empreendimento.”

Veja os débitos relacionados a Liliane Roriz
Veja os débitos relacionados a Liliane Roriz (Foto: Arte/G1)

Liliane Roriz

Em segundo lugar na lista, a distrital do PTB é sócia de três empresas que devem juntas R$ 3,91 milhões à União. A “Ki-boi Agropecuária” acumula débitos de R$ 1,13 milhão. A “Distribuidora de Cevada Gama” tem dívida de R$ 589,98 mil. Já a “Agropecuária Palma” aparece com R$ 2,18 milhões devidos.

Desse total, 47% são considerados débitos em situação irregular. Isso quer dizer que ainda estão em aberto e não estão sendo renegociados ou questionados – seja na própria Fazenda ou na Justiça.

Em nota, a assessoria de imprensa da deputada Liliane Roriz informou que desde que ela entrou para a política, não participa da gestão das empresas. “Portanto, não tem conhecimento do assunto.

Matéria completa no link: http://g1.globo.com/google/amp/g1.globo.com/distrito-federal/noticia/deputados-distritais-devem-r-116-milhoes-a-uniao-aponta-levantamento.ghtml

Informa Tudo DF.

Queremos estar cada vez mais conectado com você!
Curta nossa página e fique por dentro de tudo… Facebook Informa Tudo DF

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here