Início Brasil “Cínico e golpista” Hostilizado, Cristovam cancela lançamento de livro

“Cínico e golpista” Hostilizado, Cristovam cancela lançamento de livro

108
0
COMPARTILHAR
Brasília(DF), 31/01/2017 - Na foto, Cristovam buarque - Reunião de parlamentares na casa de Izalci - Foto: Michael Melo/Metrópoles

O senador Cristovam Buarque (PPS-DF) cancelou o lançamento do seu livro Mediterrâneos Invisíveis, nesta terça-feira (18/7), em Belo Horizonte (MG), após ser hostilizado por duas vezes na capital mineira. O parlamentar foi chamado de “golpista”, “cínico” e  “traidor da educação”.

O ex-governador do DF vem sendo hostilizado por onde passa desde o ano passado, quando votou a favor do impeachment de Dilma Rousseff (PT). As críticas se acirraram, recentemente, após Buarque votar a favor da reforma trabalhista.

O primeiro ataque ocorreu no encontro anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), realizado na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Ao ser provocado, o senador chegou a mandar beijos para os manifestantes e acompanhou, com palmas, o protesto contra ele (veja vídeo abaixo):

 

Durante a noite, quando seguia para o lançamento do livro, Cristovam voltou a entrar na mira dos manifestantes e precisou ser escoltado por policiais militares.

MAIS SOBRE O ASSUNTO

Não é a primeira vez que o político é alvo de protestos. Ele já foi hostilizado no Ceará e em uma livraria de Brasília. Durante a reforma trabalhista, sindicatos chegaram a colocar um outdoor na capital do país questionando o posicionamento do senador.No Facebook, Cristovam Buarque comentou o ocorrido e disse que “viver num país em que se é hostilizado por pensar diferente é mais um incentivo para que eu continue a minha luta pela educação”. O parlamentar destacou, ainda, que as críticas “fazem parte do jogo” e que as pessoas o “agridem sem propostas”.

Confira:

Fonte: Metropoles

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here