Vídeo: Ex-secretário Rafael Barbosa “Mete o Pau no governo” e se manifesta contra terceirização da saúde

    69
    0
    COMPARTILHAR

    Rafael Barbosa em discurso inflamado durante manifestação de servidores em frente ao Pronto Socorro do Hospital de Base, faz defesa de sua gestão e se posiciona contra a terceirização da Saúde

    Por Delmo Menezes

    20170327_110039 (1)
    Protesto pacífico em frente ao PS do Hospital de Base. Crédito: Agenda Capital

    Na manhã desta terça-feira (27), em  frente ao Pronto Socorro do Hospital de Base, servidores da saúde fizeram uma manifestação pacífica em defesa do Hospital, e contra a implantação do Instituto Hospital de Base do DF (IHBDF) e da terceirização da saúde. Na manifestação além dos sindicalistas presentes como Jorge Viana, vice-presidente do Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do DF (Sindate-DF)  e Ângelo Cruz, presidente do Sindicato dos Técnicos e Auxiliares em Laboratório do DF (Sintralab), compareceu em apoio a manifestação, o ex-secretário de saúde do DF, Rafael Barbosa.

    De acordo com Barbosa, o Hospital de Base do Distrito Federal, é uma referência não somente em Brasília, mas em todo país, pela qualidade dos seus profissionais de saúde. Barbosa afirmou que na sua gestão foi implantado o plano de cargos e salários dos servidores e aumentado o número de leitos de UTI . “Agora estão acabando com tudo que fizemos”, destaca o ex-secretário.

    Barbosa disse ainda que a saúde do Distrito Federal não precisa de Instituto, e nem de Organização Social, o que precisa segundo ele, “é aquilo que apresentamos e foi aprovado na Conferência de Saúde do DF, que foi a criação da Fundação Hospitalar pública de direito público”, ressaltou.

    De acordo com Barbosa, “o servidor tem que cobrar dos deputados que tiveram votos na saúde, a não aprovação deste Instituto”, disse.

    O ex-secretário afirmou que está respondendo por improbidade administrativa por ter aberto leitos de UTI no hospital. Segundo o médico nefrologista, “quem tem que responder é quem fechou os leitos de UTI’s”, disse Barbosa, que foi bastante ovacionado pelos servidores.

    Em seu discurso, o ex-titular da pasta da saúde destacou que “o governo está no seu terceiro ano sem apresentar nada a população, e não sabe o que fazer com a saúde”, finalizou.

    Veja o vídeo na íntegra:

     

    Jorge Viana – Sindate

    O sindicalista Jorge Viana, ressaltou que os servidores ainda não entenderam o que é o Instituto. Segundo ele, “com estas manifestações, podemos esclarecer as armadilhas que este projeto traz a população e aos servidores”. Viana destacou que “aos poucos estamos conseguindo passar para os servidores o que de fato é o Instituto”. “Eles já entenderam que o projeto apresenta muito mais malefício do que benefício”, disse.

    Viana destacou ainda que este projeto tem pressa lá na Câmara Legislativa. Ele já foi aprovado em duas comissões, e está passando muito rápido. Segundo ele, os servidores precisam entender isso. “Queremos não somente os auxiliares e técnicos no movimento. Precisamos da adesão de todos os servidores”, afirmou o sindicalista.

    O vice-presidente do Sindate, destacou que não adianta o governo tentar iludir a população que o modelo que se pretende implantar no Base é o mesmo do hospital Sarah Kubitschek. De acordo com Viana, são duas coisas completamente distintas. “Aqui no Hospital de Base, é porta aberta. Eu mesmo tentei marcar uma consulta no Sarah e não consegui”, disse o sindicalista.

    Fonte: Da Redação do Agenda Capital

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here