Falta de combustível suspende cirurgias em maior hospital infantil do DF

    34
    0
    COMPARTILHAR
    CAOS NA SAÚDE

    Direção não tem previsão de quando procedimentos serão retomados. Situação afeta apenas cirurgias agendadas, diz Secretaria de Saúde

    Por G1 DF – 22/02/2017 – 15:58:29

    Fachada do Hospital Materno de Brasília. Cirurgias foram suspensas na terça-feira (21) (Foto: Renato Araújo/Agência Brasília)

     

    O Hospital Materno-Infantil de Brasília (Hmib) suspendeu as cirurgias eletivas – agendadas – pois a lavanderia do local não está operando por falta de combustível. Segundo a Secretaria de Saúde, a situação ocorre há pelo menos uma semana, sem afetar os procedimentos emergenciais.

     

    A pasta informou ainda que a lavanderia está com a capacidade de produção reduzida, devido à falta de óleo na caldeira por falta de pagamento. Contratualmente, a empresa Papagaio Diesel não pode interromper o serviço prestado nas unidades da rede pública de saúde. A pasta diz que não há faturas pendentes do ano corrente, mas ainda existem pendências de 2016.

    De acordo com uma paciente, na manhã de terça, ao entrar em contato com o hospital para saber quando poderia ser internada para fazer uma operação, recebeu a informação que as cirurgias foram canceladas por falta de material utilizado nos procedimentos.

    “Eu estou a 4 anos esperando para fazer uma histerectomia [remoção total ou parcial do útero] e quando consigo a resposta é está!!”, indignou a paciente.

    Esta é a segunda vez que o Hmib tem problemas na lavanderia em 2017. No começo de janeiro, o centro obstétrico suspendeu os partos por falta de abastecimento nas caldeiras. O governo do Distrito Federal não havia pago uma dívida de R$ 200 mil com o fornecedor, referente às faturas de outubro e novembro do ano passado.

    Informa Tudo DF