Ronaldo Fonseca defende a ampliação do combate às drogas no País.

    41
    0
    COMPARTILHAR
    nao-as-drogas
    Os dados da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE), divulgada pelo IBGE em agosto deste ano, sobre os hábitos dos adolescentes brasileiros são alarmantes.

    A pesquisa feita com estudantes do 9º ano em escolas públicas e privadas de todo o país, a maioria entre 13 e 15 anos, mostra que a taxa dos jovens que usam drogas ilícitas aumentou de 7,3% em 2012 para 9% em 2015.

    Entre os entrevistados, 4,2% revelaram ter feito uso nos 30 dias que antecederam a pesquisa, num percentual maior entre os meninos (4,7%) que as garotas (3,7%) e 4,1% afirmaram ter fumado maconha nos últimos 30 dias antes do preenchimento do questionário. Além das drogas ilícitas, é crescente o número de adolescentes que consomem bebida alcoólica.

    A venda de bebida alcoólica para menores de 18 anos é proibida, mas muitos adolescentes experimentam bebida alcoólica nas festas, outros conseguem com os amigos, ou compram em mercados e bares, além dos que conseguem a bebida com alguém da família.

    RONALDO FONSECA INTEGRA COMISSÃO DE ENFRENTAMENTO AO USO DE DROGAS NO BRASIL

    Alarmado com a situação, o deputado Ronaldo Fonseca, junto com outros deputados, propôs ao presidente da Câmara a criação de uma Comissão Externa para verificar in loco os pontos mais críticos dessa triste realidade, e propor um programa de enfrentamento ao problema.

    22O deputado federal Ronaldo Fonseca é membro Comissão Externa, criada pela Câmara dos Deputados, para avaliar a situação de consumo de drogas entre os jovens no Brasil, e propor medidas de enfrentamento do problema.

    A comissão externa realiza trabalhos fora das dependências da Casa, verificando no local as demandas para as quais se destina.

    Fonseca defende a ampliação do combate às drogas no País.

    “Nós vamos percorrer o Brasil para fazer um levantamento da realidade da nossa juventude em relação ao uso de drogas O Brasil tem hoje uma agenda de liberação das drogas, e nós vamos mostrar que que as drogas não devem ser liberadas. Queremos ampliar o combate as drogas no Brasil e não legalizá-las”. Afirmou.

    Após a instalação e escolha do relator, a Comissão vai elaborar o programa de trabalho. A Comissão tem deputados das regiões Norte, Nordeste, Sul e Centro Oeste. Ronaldo Fonseca é o único representante da região Centro Oeste nessa Comissão Externa.

    Informa Tudo DF