FRAGA DETONA: “ROLLEMBERG VAI CRIAR ONGS, MASCARADAS DE OSs, PARA ARRANCAR RECURSOS DA SAÚDE DO DF…

    14
    0
    COMPARTILHAR

    1albertofraga90O deputado Alberto Fraga (DEM-DF), ocupou a tribuna da Câmara Federal esta semana, para denunciar o governador Rodrigo Rollemberg e fazer um alerta: “Essas OS’s que o GDF irá contratar para administrar o sistema de saúde pública do DF, são ONGs mascaradas, presididas por gente da família do governador”. Fraga pediu fiscalização redobrada da sociedade.

    LETRA Após ter sido procurado esta semana por um grupo de servidores do SAMU, o deputado Alberto Fraga usou a tribuna da Câmara Federal para denunciar o que ouviu e externar a sua preocupação sobre a situação caótica do sistema de saúde do Distrito Federal.

    “Fui procurado hoje, por profissionais, operadores da saúde, ligados ao SAMU, que trouxeram algumas denúncias que eu as considero com da mais alta gravidade. A primeira delas, é que está faltando pás externa adulto para desfibriladores, um aparelho que produz um choque elétrico no coração e serve para tentar evitar a morte do indivíduo com uma parada cardíaca. Está faltando pilhas para medidores de glicose e para os oxímetros usados nas ambulâncias. E o mais grave: os telefones do SAMU estão cortados por falta de pagamentos. Como é que a população vai poder chamar ou manter contato com ambulância se os telefones estão cortados?” questionou.

    Para Fraga o que falta na Saúde do Distrito Federal é gestão e não a falta de recursos. O Ministério da Saúde repassa mensalmente uma razoável quantia dos quase 9 bilhões de reais que o sistema de saúde do DF tem direito ao ano. “Isso mostra claramente que é falta de gestão”, apontou.

    O deputado disse que o governador Rodrigo Rollemberg está inventando moda ao querer implantar as Organizações Sociais (OS) para administrar o sistema de Saúde do Distrito Federal.

    “Essas OSs, na verdade, são para mascará o nome das Ongs que o governador Rollemberg quer criar. É um especialista nisso. Criar ONGs, sobre a presidência de alguém da família, para receber emendas e depois só Deus sabe o que será desse dinheiro”.

    Em contato, por telefone, o Radar pediu que o deputado explicasse melhor essa história. Fraga afirmou que, no seu discurso, fez um comparativo entre o presente e o passado.

    “Existe um dossiê que revela um desvio de 46 milhões de reais em emendas parlamentares na época em que Rollemberg era do Ministério da Ciência e Tecnologia. Quem liberava as emendas para o Ministério era a mulher dele e os recursos eram geridos por ONGs presididas por genros e primos. A bronca foi abafada na época pela forte influência que Rollemberg exercia junto ao Ministério Publico Federal”, explicou Fraga.

    O deputado disse demonstrar preocupação com os caminhos da saúde pública do DF pode percorrer. “Sabemos que essas Oss são uma forma de tentar mexer com o dinheiro público. É uma forma de dilapidar os recursos contratando ONGs. Vamos ter que fiscalizar muito se isso prosperar. Isso cheira maracutaia, cheira falcatrua. De um tempo pra cá a saúde se transformou numa desgraça”, disse.

    Da Redação Radar

    VEJA NO RADAR PLAY O DISCURSO DO FRAGA:

     

    Fonte: Da Redação Radar.

    Informa Tudo DF