Esse governo não compactua com corrupção. É a orientação do Governador

    30
    0
    COMPARTILHAR

    IMG-20160610-WA0002Em entrevista no Palácio do Buriti, Sérgio Sampaio disse que a sindicalista Marli Rodrigues mentiu à CPI da Saúde. Para ele, quem falta com a verdade “tem de sair preso”

    O chefe da Casa Civil do governo de Brasília, Sérgio Sampaio, repudiou, em entrevista coletiva no Palácio do Buriti, no fim da tarde desta quinta-feira (21). Para ele, a sindicalista mentiu ao acusar o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, e a esposa Márcia de participar de um esquema de pagamento de propina.

    “Quem pratica corrupção tem que sair preso, assim como quem vai diante de uma CPI e falta com a verdade”, avaliou.

    “Esse governo não compactua com corrupção. Essa é a orientação do governador. É uma prática abominável. Se tiver denúncia séria, tomamos todas as providências”Sérgio Sampaio, chefe da Casa Civil

    Sampaio apontou como exemplo a denúncia de uma suposta irregularidade na manutenção de veículos na Secretaria de Saúde. “Não existe contrato da Saúde. Toda a manutenção da frota do governo foi licitada em março de 2015, pela Secretaria de Planejamento.” Ele explicou que, com essa medida, o governo está gastando 70% a menos do que a gestão anterior.

    Na entrevista, Sampaio reforçou que o governador acionou órgãos de controle e de fiscalização do governo do DF, como aControladoria-Geral e a Polícia Civil. O pedido de investigação também foi encaminhado ao Ministério Público do DF e Territórios.

    O chefe da Casa Civil, Sérgio Sampaio, em entrevista coletiva nesta quinta-feira (21).
    O chefe da Casa Civil, Sérgio Sampaio, em entrevista coletiva nesta quinta-feira (21). Foto: Renato Araújo/Agência Brasília

    Mais cedo, no anúncio dos resultados do programa Viva Brasília – Nosso Pacto Pela Vida, o governador Rodrigo Rollemberg refutou as acusações da presidente do Sindicato dos Servidores da Saúde, Marli Rodrigues. “Com pessoas assim, vamos dialogar na Justiça, e eu tenho certeza de que ela vai pagar muito caro pelas informações difamatórias e caluniosas que fez hoje na CPI.” Informações da Agencia Brasilia.

    Informa Tudo DF