Ex-deputado Geraldo Magela é alvo de operação da Polícia Federal em Brasília

    16
    0
    COMPARTILHAR

    Ele é suspeito de ter sido conivente com a atuação de uma quadrilha que cobrava taxas ilegais para conceder lotes de terra da quarta etapa do Programa Habitacional Riacho Fundo 2 

    55

    O ex-deputado federal Geraldo Magela (PT-DF) foi conduzido para depor durante a Operação Clâ, deflagrada pela PF (Polícia Federal) na manhã desta quinta-feira (02), em Brasília. Ele é suspeito de ter sido conivente com a atuação de uma quadrilha que cobrava taxas ilegais para conceder lotes de terra da quarta etapa do Programa Habitacional Riacho Fundo 2, feito em parceria entre a União, o governo do Distrito Federal e entidades da sociedade civil.

    Candidato ao Senado derrotado em 2014, Magela comandou a Secretaria de Habitação, Regularização e Desenvolvimento Urbano do DF durante a gestão do governador Agnelo Queiroz (PT). A pasta em questão era responsável por fiscalizar a liberação dos lotes que agora estão na mira da PF. Ao todo, foram cumpridos 14 mandados de busca e apreensão e três de condução coercitiva, entre eles o do petista. Fonte: O sul

    De acordo com a PF, há suspeitas de que integrantes das associações civis, que selecionavam os beneficiários, “cobravam taxas dos interessados nas terras, além de condicionar o recebimento do terreno à contratação de determinadas construtoras ligadas ao grupo para a realização das obras”.

    Estão sendo investigados funcionários públicos, membros de associações e empresários da construção civil. Eles poderão responder pelos crimes de corrupção passiva, advocacia administrativa e lavagem de dinheiro.

    Informa Tudo DF