Parente de Rollemberg é funcionária comissionada no gabinete do distrital licenciado e hoje secretário Joe Valle

    136
    0
    COMPARTILHAR
    Renato Araújo/Agência Brasília

    Quando o deputado distrital licenciado Joe Valle (PDT) aceitou o convite para ser secretário do Trabalho, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, em outubro do ano passado, impôs a condição de manter sua equipe no gabinete da Câmara Legislativa. Entre esses funcionários, está uma sobrinha do governador Rodrigo Rollemberg (PSB). Comissionada, Bruna Rollemberg Lacerda tem cargo CL-03, com salário de R$ 3.992,43.Facebook/ReproduçãoAntes de ser nomeada no gabinete 13 da Casa, Bruna trabalhava no Bloco Sustentabilidade, Trabalhismo e Solidariedade, onde estão Celina Leão (PDT), Reginaldo Veras (PDT), Sandra Faraj (SD) e Israel Batista (PV) — além de Joe Valle, na época em que estava na Câmara. Em 26 de outubro do ano passado — data em que Joe assumiu a supersecretaria —, Bruna foi exonerada do bloco e nomeada para o gabinete do distrital, onde permanece sob o comando de Roosevelt Vilela (PSB).

    Joe Valle disse ao Metrópoles que Bruna começou a trabalhar com ele na época em que foi eleito para o primeiro mandato, em 2010, pelo PSB (partido do governador Rodrigo Rollemberg, com quem tem muita proximidade). Mas nega que o sobrenome famoso de Bruna tenha aberto as portas do gabinete.

    “Ela era do diretório do PSB e foi indicada pelo partido pelo trabalho que desenvolve com artesanato sustentável. Ela continuou no gabinete em função do partido, mesmo antes de ele (Rodrigo Rollemberg) ser governador”, disse o secretário, acrescentando que, há cerca de um mês, ela pediu exoneração, mas como a Câmara está de recesso, o ato ainda não foi publicado. Informações do Metropoles.

    Informa Tudo DF