Absolvido pelo TJDFT, Arruda agora quer desmontar acusações de Durval Barbosa para ser candidato ao GDF em 2018

    15
    0
    COMPARTILHAR

     

    Uma das acusações que o delator do mensalão do DEM, Durval Barbosa, fez à Justiça é sobre um suposto beneficiamento do ex-governador José Roberto Arruda em licitações para a decoração natalina em 22 cidades-satélites. quarta – feira (30), o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) entendeu que não existiam provas contra Arruda e o inocentou. Na avaliação de um amigo próximo ao ex-governador, a decisão do TJDFT “é o início do fim da farsa criada por Durval”.

    Arruda é réu na ação penal que trata da tentativa de suborno ao jornalista Edmilson Edson Moraes, conhecido como Edson Sombra. Na última segunda-feira, o ministro Marco Aurélio Mello suspendeu as audiências marcadas para que a defesa do ex-governador tivesse acesso na íntegra da delação de Durval Barbosa. “Eles estão agora trabalhando dia e noite para desmontar as acusações do delator, que são frágeis. Se ele for absolvido, com certeza será candidatíssimo ao Buriti em 2018”, concluiu o amigo do governador, que pediu para não ser identificado.

    Por Fred Lima