Mais um capitulo: desocupação da orla do lago Paranoá

    32
    0
    COMPARTILHAR

    Malabarismo: Saída para a desocupação da orla

    Começou quente ontem um movimento na Câmara Legislativa para impedir a desocupação da orla do Lago Paranoá, marcada para começar na próxima semana. A intenção de deputados distritais é aprovar na sessão de hoje projeto de decreto legislativo que amplia o tamanho da área permitida para ocupação. Hoje a Área de Proteção Permanente (APP) tem 30 metros. Tudo dentro desse limite deve ser desobstruído. Para os distritais, a margem deve ser de apenas um metro, ou seja, ficam autorizadas construções quase até o espelho d’água… A ideia partiu dos deputados Cristiano Araújo (PTB), Dr. Michel (PP), Rafael Prudente (PMDB), Robério Negreiros (PMDB) e Wellington Luiz (PMDB), e conta com amplo apoio, inclusive da bancada do PT, com exceção do petista Chico Leite.

    Malabarismo

    Para salvar os moradores da beira do lago, deputados distritais querem criar um vaivém legal. O projeto em debate na Câmara Legislativa revoga um decreto de Rodrigo Rollemberg que cassou decreto anterior de Agnelo Queiroz. Segundo técnicos experientes da Câmara, o instrumento é frágil.

    De cabelo em pé

    No Congresso, também há pressão para evitar a desobstrução da orla. Eduardo Cunha (PMDB-RJ) não quer nem ouvir falar em reduzir o tamanho do terreno da residência oficial da Presidência da Câmara dos Deputados que ocupa os limites proibidos para ocupação. Cunha conta com o discreto apoio do chefe da Casa Civil, Sérgio Sampaio, ex-diretor-geral da Câmara. Segundo pessoas próximas a Rollemberg, Sampaio tem dito que não é hora de deflagrar uma guerra parlamentar.

    Fonte: Correio Braziliense

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here