O senador Reguffe quer criminalizar a contratação de cabos eleitorais durante as campanhas

    20
    0
    COMPARTILHAR

    Reguffe: Rumo diferente para a reforma política

    Criminalizar contratação de cabos eleitorais

    O senador brasiliense José Antônio Reguffe fez uma cobrança à comissão constituída pelo Senado para encaminhar a reforma política… Acha que deve fazer o contrário do que a Câmara dos Deputados está fazendo. “Se for no mesmo rumo, estará na contramão do que o eleitorado quer”, avisou Reguffe. Na conversa com os integrantes da comissão, Reguffe cobrou, em especial, que se leve a voto todas as propostas de reforma apresentadas por senadores.

    Emendas que não chegam a ser votadas

    O próprio Reguffe protocolou na comissão propostas suas que já tramitam formalmente no Senado, mas pouco caminharam — e não figuram entre os temas que centralizam os debates no Congresso. Apresentou no início da legislatura uma série de emendas. Já são nove. Até agora nenhuma delas teve sequer relator designado. Temas abordados por elas, como a revogabilidade de mandatos, o limite para a reeleição de parlamentares ou a possibilidade de candidaturas avulsas nunca foram examinados formalmente no Congresso.

    Criminalizar contratação de cabos eleitorais

    Uma outra proposta foi feita por Reguffe à comissão. O senador quer criminalizar a contratação de cabos eleitorais durante as campanhas. Caso a proposta seja aprovada, o pagamento de cabos eleitorais não só seria proibido, como envolveria punição de quem adotar a prática.

    Fonte: Por Eduardo Brito, Jornal de Brasília