Padilha diz que parlamentares receberão suas emendas no projeto de desoneração

    13
    0
    COMPARTILHAR

    22

    Após reunião no gabinete da vice-presidência para tratar da votação do projeto que revê a política de desoneração da folha, o ministro da Aviação Civil veio a público e garantiu que o governo vai liberar as emendas

     O ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha, afirmou nesta quinta, que a articulação política do Palácio do Planalto retirou um “entrave” que vinha criando obstáculos para a votação do projeto que revê a política de desoneração da folha de pagamentos: o represamento de emendas parlamentares, essenciais para que os parlamentares abasteçam seus redutos eleitorais.

    Após reunião no gabinete da vice-presidência para tratar da votação do projeto que revê a política de desoneração da folha, Padilha veio a público e garantiu que o governo vai liberar as emendas. “Tanto os parlamentares novos quanto os deputados reeleitos terão direitos às emendas”, declarou Padilha.

    Com a promessa, os aliados do Planalto esperam “limpar o terreno” para a votação nesta quinta da proposta que reonera as empresas que recolhem no regime de tributação especial. Segundo Padilha, o bloqueio das emendas gerava uma “aflição” entre os congressistas: “espantamos essa aflição”, comemorou.

    O ministro não quis adiantar qual o valor que será destinado a cada parlamentar. Ele assegurou, no entanto, que o valor será proporcional ao contingenciamento do Orçamento anunciado pelo Executivo. Fontes consultadas pelo Broadcast Político, serviço em tempo real da Agência Estado, revelaram que o montante deve ser da ordem de R$ 5 milhões para os deputados de primeiro mandato e de R$ 8 milhões para os reeleitos. Da Agencia Estado.

    Informa Tudo DF

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here