Marcos Dantas, o Homem do Diálogo no Governo de Brasília

    16
    1
    COMPARTILHAR

    Buriti recua e busca consenso

    Governo resolve ouvir os servidores e suas categorias sobre projetos que tratam da previdência.

    Marcos Dantas, quer ampliar o debate e construir junto com os servidores  um consenso.

    Sem Hélio Doyle no comando da Casa Civil, diálogo é estabelecido.

    O Governo do DF suspendeu a tramitação dos três projetos de lei que promovem mudanças na previdência dos servidores públicos.   Retiraram as propostas porque resolveram instituir um fórum para discutir as propostas.

    Com a saída de Hélio Doyle do comando da Casa Civil, sindicalistas apostam que o governo sinaliza mudanças na administração.

    O secretário de Relações Institucionais e Sociais, Marcos Dantas, explica que a retirada de urgência é para ampliar o debate. “Vamos construir junto com os servidores  um consenso”, explicou.

    Além das categorias, o governo se   comprometeu em ouvir o Conselho de Administração de Previdência dos Servidores do DF (Iprev), como reivindicam os sindicatos.

    “A gente  queria discutir na Câmara Legislativa, mas, agora, chegamos ao entendimento de que precisamos ouvir os sindicatos”, reconheceu Marcos  Dantas. Informações do Jornal de Brasilia.

    Está marcada para o próximo dia 18 uma nova reunião com as entidades que compõem o  Fórum em Defesa do Serviço Público, coordenado pela CUT-DF. O governo anunciou que  pretende estabelecer um diálogo constante com o grupo formado pelas categorias de servidores.

     

    Informa Tudo DF

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here