DF: A queda de braço entre o Buriti e a Câmara Legislativa

    15
    0
    COMPARTILHAR

    22

    Após deputados distritais falarem da alternativa de se criar um plano “B”, proposta defendida pela deputada Liliane Roriz, o Buriti vem através do secretário Hélio Doyle e diz: Não existe plano B, tem que aprovar o pacote de medidas encaminhado à Câmara Legislativa.

    Não há plano B para elevar a receita, assegura o Buriti

    A tarefa de articular a aprovação das propostas está a cargo do secretário de Relações Institucionais, Marcos Dantas.

    O Governo do DF diz que não há plano B e que a solução para incrementar a receita é a aprovação do pacote de medidas encaminhado à Câmara Legislativa recentemente. É preciso quebrar os ovos. Do contrário, a omelete não sairá…Palavras do chefe da Casa Civil, Hélio Doyle, ao mencionar a resistência dos deputados distritais às propostas.

    “Essas medidas, somadas a outras que já foram apresentadas e aprovadas e a outras que não dependem de aprovação legislativa, são a forma que o governo encontrou para tentar aumentar a receita”, disse.

    De acordo com Doyle, caso surjam outras propostas – distritais têm avisado que o governo deve pensar em alternativas – “elas serão bem aceitas e examinadas”.

    Articulação

    A tarefa de articular a aprovação das propostas está a cargo do secretário de Relações Institucionais, Marcos Dantas. com informações do Jornal de Brasília.

     

    Informa Tudo DF

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here