Mais manifestações: Servidores pressionam Rodrigo Rollemberg contra o cancelamento de reajuste

    18
    0
    COMPARTILHAR
    Servidores protestam em frente ao Buriti contra cancelamento de reajuste
    Os manifestantes querem a garantia do recebimento das últimas parcelas do reajuste salarial concedido pelo governo passado

    Mais de 1,5 mil servidores públicos protestam em frente ao Palácio do Buriti na manhã desta quarta-feira (11/3). Eles fecharam as seis faixas do Eixo Monumental, no sentido da antiga Rodoferroviária. Desde às 10h30, a polícia tenta negociar a liberação das faixas.

    Os motoristas devem desviar pelo Estádio Nacional Mane Garrincha. Os manifestantes querem a garantia do recebimento das últimas parcelas do reajuste salarial concedido pelo governo passado a mais de 100 mil servidores públicos, de 31 categorias.

    Na ação sob análise do Tribunal de Justiça do DF e dos Territórios (TJDFT), o Ministério Público do Distrito Federal (MPDFT) aponta falhas que tornariam insustentáveis as leis que autorizaram os reajustes, mas atribui ao governador, Rodrigo Rollemberg, a decisão final de preservar os aumentos.

    As primeiras parcelas do escalonamento foram pagas no governo petista, mas a maior parte delas foi deixada como responsabilidade para o chefe do Executivo que assumisse o GDF a partir de 2015. O GDF estuda a ação do MPDFT, de não pagar reajuste de salário a servidores, para depois tomar uma posição oficial sobreo assunto.

    fonte: correio braziliense

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here